RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net

Ouça pelo Listen 2 My Rádio

Imagem relacionada
Loading ...
Loading ...

quarta-feira, agosto 09, 2017

Estelionatário usa nome do Prefeito de Itaú-RN para aplicar golpe financeiro


A Prefeitura de Itaú-RN, cidade da Região Oeste do Rio Grande do Norte, vem alertar a população sobre um estelionatário que está usando o nome do prefeito Ciro Bezerra para praticar golpes financeiros.

O caso foi descoberto na manhã desta quarta (09), quando o um secretário da prefeitura, informou o prefeito sobre um suposto débito que havia adquirido com um empresário local.

Preocupado com o fato o prefeito solicitou informações junto ao empresário e descobriu que o mesmo foi vítima de um golpe já bastante usado no Estado do Rio Grande do Norte, onde várias autoridades estão tendo seus nomes usados por estelionatários para aplicar golpes financeiros.

O proprietário informou que uma pessoa ligou pedindo para fazer o depósito de uma certa quantia em duas contas bancárias, pois o prefeito Ciro estava precisando com urgência do valor. Sem desconfiar da ação dos bandidos o empresário acatou o pedido e fez o depósito da quantia, fato ocorrido na tarde desta terça-feira, 08 de agosto de 2017.

Só na manhã de hoje, o empresário percebeu que foi vítima de um golpe, quando o prefeito o informou que não solicitou nenhuma quantia em dinheiro. Diante dos fatos o prefeito Ciro Bezerra alerta os empresários e amigos que fiquem atentos ao receberem ligações em seu nome, e que caso isso aconteça, a primeira ação é entrar em contato pessoalmente com o prefeito para que medidas cabíveis sejam tomadas.


Fonte: Assessoria de Comunicação
Leia Mais ››

EX-CANDIDATO A PREFEITO DE SEVERIANO MELO/RN E EMPRESÁRIO CAPOTA CARRO EM ITAÚ/RN

O empresário Raimundo Alves capotou o seu veículo tipo L200 nas proximidades do sítio currais em Itaú/RN.

De acordo com informações repassadas, o mesmo foi socorrido do local com dores fortes no peito, mas consciente, não se sabe se ele deslocava sozinho no veículo ou se estava acompanhado. 

Raimundo era bastante conhecido na região, principalmente na cidade de Severiano Melo/RN, na qual disputou o cargo de prefeito no ano de 2012.

Fonte: Severiano Melo News
Leia Mais ››

Polícias do RN e PB prendem suspeito de roubos a bancos em vários estados do Nordeste

Material foi apreendido com suspeito de vários assaltos no Nordeste (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Uma ação conjunta entre Polícia Civil da Paraíba e a do Rio Grande do Norte prendeu em flagrante no estado paraibano, nesta quarta-feira (9), José Carlos Silva do Nascimento e Laerte Ambrósio de Oliveira. De acordo com a polícia, este último é um dos maiores assaltantes de bancos no Nordeste, e integrante de uma facção criminosa que atua em todo o Brasil.
Os dois foram encontrados em um carro roubado, com documentos de identificação falsos. A prisão aconteceu em decorrência da investigação realizada pela Divisão de Combate ao Crime Organizado (Deicor) da Polícia Civil do RN, para elucidar os casos de roubos a agências bancárias no estado potiguar.
Ainda segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil, Laerte é o chefe da quadrilha que fugiu na ação realizada pela Deicor na cidade de São José do Mipibu, na Grande Natal, no último dia 29 de julho. Na ocasião foram apreendidos, em uma granja, diversos materiais utilizados nos roubos, além de explosivos suficientes para causar explosões em até 200 agências de banco.
Nessa incursão do dia 29 de julho, os criminosos conseguiram furar o cerco policial e fugir. Segundo a polícia, José Carlos também é integrante da mesma quadrilha. De acordo com a PC do RN, Laerte Ambrósio, integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC), é citado em ocorrências que vão desde o estado da Bahia ao Ceará.
Após a ocorrência da prisão na Paraíba, os policiais realizaram buscas na residência de José Carlos e apreenderam um veículo roubado modelo Chevrolet Captiva, uma sub-metralhadora 9 milímetros adaptada para receber munição ponto 40, cartuchos e munições de ponto 40, grampos e uma impressora.
Os materiais apreendidos não fazem parte do que foi levado pela dupla na ocasião da fuga da granja em São José do Mipibu. Com os dois foram apreendidos o veículo que utilizavam, uma Carteira Nacional de Habilitação falsa, dois documentos de identificação falsos, em nome de Adriano de Souza Tito e Alexandre de Lima Cunha, aparelhos celulares, cadernos com anotações e relógios.
A Polícia Civil do RN afirma que José Carlos era pago por Laerte Ambrósio para esconder em uma casa alugada na Rua Buriti, na cidade de Goianinha, no RN, o dinheiro roubado das agências bancárias, explosivos, armas e demais materiais utilizados nos roubos. O local também serviria como ponto de encontro e apoio para os integrantes da quadrilha.
Foragido de Alcaçuz
Laerte Ambrósio estava foragido do sistema penitenciário desde o mês de janeiro, ocasião em que fugiu da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. As investigações da polícia apontam que ele participou dos roubos a agências bancárias ocorridos nas cidades de Monte Alegre, no RN, e Belém, na Paraíba, além do roubo a um carro-forte na cidade de São Pedro (RN).
A dupla foi autuada em flagrante pelos crimes de receptação de veículo roubado, posse de arma de fogo de uso restrito, associação criminosa e adulteração de sinais identificadores de veículo.
Eles serão encaminhados ao sistema prisional, onde aguardarão a decisão da Justiça. Segundo a assessoria da Polícia Civil, a Deicor continua com as investigações e diligências para prender os demais integrantes do grupo criminoso e envolvidos nos roubos a bancos no Rio Grande do Norte.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Corpo de suspeito de matar ex-mulher na Grande Natal é encontrado no rio Potengi

Rosemere e Joseildo estavam separados desde março, segundo a polícia (Foto: Reprodução/Facebook)O corpo encontrado no final da manhã desta quarta-feira (9) no rio Potengi, em Natal, é de Joseildo Djalma da Sila, de 33 anos. Ele é suspeito de ter matado a ex-mulher nesta terça (8). O corpo foi reconhecido por familiares de Joseildo no Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep).
O Corpo de Bombeiros encontrou o corpo dentro do rio, próximo à área usada para travessia de balsa, anos atrás.
De acordo com a polícia, Joseildo é o principal suspeito de ter matado sua ex-esposa, Rosemere Ferreira de Queiroz, encontrada morta na madrugada de terça-feira (8) em casa, em Macaíba, na Grande Natal.
O corpo de Rosemere foi encontrado com sinais de espancamento. Joseildo teria liagdo para uma amiga da ex-esposa contando que matou a ex-mulher e que iria cometer suicídio se jogando da ponte Newton Navarro.
O carro de Joseildo Djalma foi encontrado ainda durante a manhã de terça, abandonado na ponte.

Fonte: G1
Leia Mais ››

DEM adverte que governo não consegue votar Previdência

Além dos partidos do chamado Centrão, que já avisaram ao presidente Michel Temer que não votam a reforma da Previdência, um setor do DEM também resiste em analisar o assunto na Câmara.

Ao repórter Nilson Klava, da GloboNews, o líder da bancada, deputado Efraim Filho (PB), advertiu que não há condições de votar a reforma da Previdência neste momento.

Ele vai na linha oposta do que afirmou o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, também do DEM. Maia afirmou que a reforma seria aprovada em setembro.

"É hora de o governo ter humildade e saber trabalhar com a base que saiu da votação da denúncia. O que dá para votar agora é matéria com quórum simples. Não é o caso da Previdência", afirmou Efraim Filho.

O DEM tem hoje 29 deputados.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Supermercado seria inaugurado com 16 toneladas de produtos roubados em SP; dono foi preso

Mercadorias roubadas foram apreendidas em Santos, SP (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Mercadorias roubadas foram apreendidas em Santos, SP (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O dono de um supermercado em Santos, no litoral de São Paulo, foi preso em flagrante por receptação nesta terça-feira (8). Ele abriria o estabelecimento com ao menos 16 toneladas de produtos roubados, segundo a polícia.
O local foi encontrado após o sequestro de um caminhoneiro na manhã do mesmo dia. O comércio ainda era preparado para começar a funcionar. O estabelecimento fica na Rua Tenente Durval do Amaral, na Zona Noroeste da cidade.
O motorista sequestrado transportava uma carga com produtos alimentícios. Segundo o delegado Luiz Lara, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), a vítima permaneceu em cativeiro por quatro horas em um morro da cidade.

Estabelecimento ainda não tinha sido inaugurado em Santos, SP (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Estabelecimento ainda não tinha sido inaugurado em Santos, SP (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Ao localizá-lo, os investigadores descobriram que a carga roubada do caminhoneiro tinha sido levada para o comércio, no bairro Rádio Clube. No local o materia foi encontrado já descarregado e distribuído.
"Além da carga roubada pela manhã e lá localizada, foram reunidos indícios de que outras cargas [encontradas dentro do estabelecimento] também são oriundas de ilícitos praticados na região", informou o delegado da DIG.
O comerciante Felipe de Souza Brito, de 37 anos, foi preso em flagrante. Ainda conforme o delegado, ele foi autuado por receptação qualificada e já possuía passagens pelo mesmo crime. As investigações continuam para identificar outros envolvidos no crime.

Fonte: G1
Leia Mais ››

'Já fiz isso 5 vezes', diz mulher que reagiu a assalto, brigou com ladrão e recuperou bolsa

A mulher que reagiu a um assalto na semana passada no Bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza, disse que já havia feito algo semelhante outras quatro vezes. A costureira Eulália Belo contou que brigou com assaltantes e que, pela quinta vez, reagiu. Tudo para não perder a bolsa. Ela relata que um dos assaltantes tentou cercá-la, mas ela conseguiu fugir.
"Eu caminhava pela calçada. Quando avistei os rapazes, eu tentei correr. Só que eles tentaram me cercar e não deu tempo", conta. Eulália reconhece que agiu de forma errada.
A costureira afirma que as outras quatro tentativas anteriores ocorreram nos Bairros Centro e Aldeota e que lutou para ter a bolsa de volta. Após ver as imagens de sua luta com os bandidos, promete não repetir o erro. "Vi o vídeo e não entendo. Tento entender o motivo de eu ter reagido. Não posso fazer mais isso."

'Nunca reagir'

Eulália Belo afirma que, após ver as imagens da tentativa de assalto, não vai mais reagir (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
Eulália Belo afirma que, após ver as imagens da tentativa de assalto, não vai mais reagir (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

"Já fui assaltada cinco vezes. Em todas elas eu reagi. Em todos os casos. Eu sei que é errado. Agora vou tentar me corrigir e pedir a Deus mais calma. Agradecer por eles [os ladrões] não terem uma arma e me agredido. Vou tentar me corrigir", afirma a costureira.
De acordo com o relações-públicas da Polícia Militar, tenente-coronel Andrade Mendonça, o certo é nunca enfrentar os bandidos.
"Primeira coisa é passar ao infrator que você tem um controle da situação. Importante você verbalizar qualquer ação que você venha a tomar. Para que isso não seja dado a impressão para ele que é uma reação. É preciso ter uma consciência de que qualquer ação sua pode gerar uma reação, que quase sempre é ação muito violenta por parte daquele que assalta", recomendou.

Após reação e um tempo de luta, ladrão desistiu e  saiu sem levar a bolsa.  (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
Após reação e um tempo de luta, ladrão desistiu e saiu sem levar a bolsa. (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Com mais de 40 vetos, governo sanciona Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018

O governo sancionou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018 com mais de 40 vetos. O texto, os vetos e as exposições de motivos que levaram a eles foram publicados na edição desta quarta-feira (9) do "Diário Oficial da União." (veja mais abaixo nesta reportagem)
A LDO de 2018 foi aprovada no mês passado pelo Congresso Nacional contemplando um rombo primário nas contas públicas de R$ 131,3 bilhões para 2018, dos quais R$ 129 bilhões somente para o governo federal.
O conceito de déficit primário considera que as despesas serão maiores do que as receitas sem contar os gastos com o pagamento de juros da dívida pública.
A LDO também traz uma estimativa de salário mínimo de R$ 979 para 2018, um aumento de 4,4% em relação ao salário mínimo em vigor neste ano, que é de R$ 937.
Entre outros indicadores, a LDO prevê um crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,5% em 2018. A inflação estimada é de 4,5% e a taxa básica de juros deve ficar, segundo a proposta, em 9% na média do próximo ano.
Mais de 40 vetos
Entre os vetos do governo feitos na LDO de 2018, está um que fixava gastos mínimos em saúde com base também no crescimento populacional estimado para o próximo ano.
O governo justificou o veto com o argumento de que as despesas com saúde no ano que vem estarão atreladas à regra do teto, que limita os gastos do governo ao valor do ano anterior reajustado pela inflação.
Ainda de acordo com a justificativa, a aplicação de outro indexador (crescimento populacional) "pressionaria os outros gastos submetidos ao teto, adicionando complexidade ao arcabouço fiscal."
Também foi vetado dispositivo que classificava como renúncia fiscal a "anistia, remissão, subsídio, crédito presumido, concessão de isenção em caráter não geral, alteração de alíquota ou modificação de base de cálculo que implique redução discriminada de tributos ou contribuições", além de outros benefícios.
O governo informou que o veto ocorreu porque "não cabe à LDO estabelecer conceitos tributários, já que sua natureza transitória pode provocar insegurança jurídica em definições que exigem caráter permanente."

Outro dispositivo da LDO de 2018 que foi vetado pelo governo é o que determinava, para o próximo ano, a realização de uma auditoria da dívida pública, com a participação de entidades da sociedade civil, no âmbito do Ministério da Fazenda e do Banco Central.
Segundo o governo, "a Constituição, em seu artigo 71, confere competência ao Tribunal de Contas da União para realizar auditoria externa nas contas públicas, inclusive na Dívida Pública Federal, o que ocorre regularmente."
Também foi vetado a regra que possibilitava aos servidores públicos (Executivo, Legislativo, Judiciário, Ministério Público e Defensoria Pública) com mais de 65 anos, com deficiência física, ou com trechos com mais de 8 horas de viagem, comprarem passagens aéreas na classe Executiva.
"Os dispositivos não merecem prosperar em função do presente contexto de restrição fiscal", justificou o governo.
Outro dispositivo vetado é o que diz que a lei orçamentária deveria trazer recursos específicos para a conclusão dos hospitais regionais.
"O dispositivo não considera a responsabilidade dos Estados, Distrito Federal e Municípios pelo cofinanciamento da saúde pública, conforme dispõe o art. 198 da Constituição. Ademais, a medida restringe a discricionariedade alocativa do Poder Executivo na implementação das políticas pública", informou o governo.

Fonte: G1
Leia Mais ››

MPF denuncia 72 ex-deputados por envolvimento na 'farra das passagens'

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou à Justiça 28 denúncias contra 72 ex-deputados por envolvimento na chamada "farra das passagens aéreas", como ficou conhecido o escândalo de viagens irregulares compradas com verba parlamentar. As denúncias são pelo crime de peculato (desvio de dinheiro público).
Veja aqui a lista completa dos políticos denunciados, segundo divulgação no site da Procuradoria da República no Distrito Federal.
A "farra das passagens" foi revelada pelo site Congresso em Foco em 2009. Na época, o site relatou que políticos usaram a cota parlamentar de viagens para emitir bilhetes para amigos e parentes, em alguns casos até com destinos internacionais.
Depois que o caso se tornou público, o então presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), anunciou mudanças no uso das passagens, restringindo viagens internacionais e limitando o benefício a parlamentares e assessores.
As denúncias do MPF se referem a casos investigados entre 2007 e 2009. As acusações foram enviadas para a Justiça Federal do DF, que agora vai analisar se abre processo contra os ex-deputados.
O MPF considera que os 72 ex-parlamentares investigados compraram 13.877 bilhetes no esquema irregular e gastaram R$ 8,3 milhões.
Investigação de políticos com foro privilegiado
No final de julho, a Procuradoria Geral da República (PGR) anunciou que vai apurar se há indícios do envolvimento de 199 políticos com foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal com a "farra das passagens". Os políticos com foro são aqueles que atualmente possuem mandato parlamentar, ou são ministros do governo ou do Tribunal de Contas da União.
Na avaliação do procurador-geral, Rodrigo Janot, ainda não há indícios suficientes de atos ilegais dos 199 políticos. Por isso, de acordo com o procurador, é "razoável uma apuração inicial no âmbito do Ministério Público".

Fonte: G1
Leia Mais ››

Bebê de 4 meses morre no 1º dia de aula em creche particular de Campinas

Uma bebê de 4 meses morreu no primeiro dia de aula em uma creche particular de Campinas (SP). A menina passava pelo período de adaptação que duraria duas horas, nesta terça-feira (8). A família registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil nesta quarta (9), que solicitou laudo do IML para verificar a causa da morte.
O boletim foi registrado como "morte suspeita" e o caso será encaminhado para o 1º Distrito Policial de Campinas. De acordo com a Prefeitura, a escola não possui alvará de funcionamento.
"Não tinham carro, não tinham nada. A impressão que eu tenho é que quem estava ali não tinha a menor noção do que estava fazendo. Em menos de uma hora deixaram a criança morrer", conta Devair Marques Maciel, tio da bebê.

Criança morreu no primeiro dia em que foi levada para creche (Foto: Devair Maciel / Arquivo pessoal)
Criança morreu no primeiro dia em que foi levada para creche (Foto: Devair Maciel / Arquivo pessoal)

A direção da Escola Casinha do Saber disse ao G1 que nunca ocorreu um caso como este na creche e que a unidade está fechada nesta quarta. Somente poucos alunos foram recebidos porque os pais não tinham com quem deixar, informou a direção.
A advogada da escola, Juliana Beatriz de Souza Pereira, disse ao G1 que vai aguardar o laudo para se posicionar a respeito do que aconteceu. Ela informou que não fez contato com a família ainda, mas que a escola está à disposição dos familiares e da polícia para esclarecimentos. Juliana confirmou que as funcionárias fizeram os procedimentos para tentar reanimar a bebê.

Escola Casinha do Saber, no Centro de Campinas (Foto: Felipe Boldrini / EPTV)
Escola Casinha do Saber, no Centro de Campinas (Foto: Felipe Boldrini / EPTV)

'Sono profundo'
Segundo o tio da bebê, o técnico de enfermagem Devair Maciel, a mãe deixou a filha, Emanuelle Calheiros Maciel, às 13h na creche para o primeiro dia. A escola fica no Centro da cidade. O combinado é que a mãe voltaria às 15h para buscá-la. Às 14h, a escola enviou uma mensagem para a mãe informando que ela passava bem.
"Tia está fazendo ela dormir. Está bem, mamãe", diz a mensagem enviada para o telefone celular da mãe, acompanhada de uma foto. Na imagem, uma das funcionárias segura a criança no espaço onde ficam os berços da creche.
Quando a mãe, que trabalha próximo à escola, retornou para buscar a bebê às 15h, a criança já estava roxa, segundo Devair.
"Disseram pra ela: 'Mãe, ela está dormindo num sono muito profundo. É assim mesmo?' A mãe correu pra ver e a criança estava roxa. O corpo estava quente ainda. Ficaram mais ou menos 10 minutos depois disso e não conseguriam fazer nada. Ficaram perdidos balançando a criança", conta o tio.

Foto enviada pela escola mostra funcionária da creche em Campinas colocando bebê para dormir (Foto: Devair Maciel / Arquivo pessoal)
Foto enviada pela escola mostra funcionária da creche em Campinas colocando bebê para dormir (Foto: Devair Maciel / Arquivo pessoal)

A pé para o hospital
Segundo ele, a escola não conseguiu chamar uma ambulância e a mãe e a bebê, acompanhadas de uma funcionária da escola, foram a pé para o hospital mais próximos, Casa de Saúde, que fica a duas quadras da creche.
"Chegou no hospital, os médicos tentaram de tudo, mas já estava em óbito. [...] A escola não fez nada, não ajudou em nada, não se colocou à disposição pra nada. Só pediram pra gente: 'me preocupo em sujar o nome da escola'" conta Devair.
Devair disse, ainda, que a escola só informou à mãe que a menina não tinha mamado mamadeira. A bebê deveria usar, segundo o tio, um travesseiro antirrefluxo, que não estava no berço quando a mãe chegou.
"A menina não tinha problemas de saúde. Eu sou da [área de] saúde e comprei pra ela o travesseiro antirrefluxo. A mãe levou e entregou na mão deles e não colocaram. O dono da escola não soube dizer por quê", diz Devair.

Foto enviada pela escola para a mãe da bebê no dia em que a menina morreu, em Campinas (Foto: Devair Maciel / Arquivo pessoal)
Foto enviada pela escola para a mãe da bebê no dia em que a menina morreu, em Campinas (Foto: Devair Maciel / Arquivo pessoal)

O corpo da bebê passou por autópsia na manhã desta quarta no Instituto Médico Legal (IML) de Campinas. Segundo a família, o corpo deverá ser liberado à tarde e o sepultamento acontece nesta quinta-feira (10) no Cemitério Municipal João Rodrigues, em Paulínia.
Emanuelle a única filha por parte da mãe e o pai estava em viagem a trabalho no Rio Grande do Sul quando tudo ocorreu.
"Não queremos dinheiro. Quero chamar a atenção porque o que está matando as pessoas é a incompetência. A escola foi negligente, não estava preparada, não tinha aquilo que ofereceu, que era a segurança. A mãe está inconsolável", completa o tio.

Foto enviada pela escola à mãe da bebê; criança morreu em creche de Campinas (Foto: Devair Maciel / Arquivo pessoal)
Foto enviada pela escola à mãe da bebê; criança morreu em creche de Campinas (Foto: Devair Maciel / Arquivo pessoal)

Sem alvará
A Prefeitura de Campinas, por meio da Secretaria de Urbanismo, informou, por nota, que a Escola Casinha do Saber não possui alvará para funcionar.
"A Pasta vai encaminhar um fiscal ainda hoje (quarta-feira, 9 de agosto) para averiguar a situação e tomar as medidas necessárias", diz a nota.
A advogada da Escola Cantinho do Saber ainda não se posicionou sobre a falta de alvará na instituição.
A administração municipal ressalta que toda escola infantil particular precisa ter: Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiro (AVCB), Alvará de Uso expedido pela Secretaria de Urbanismo e Firma Aberta.
"A partir disso, o responsável pela unidade entra com o pedido de autorização e credenciamento junto a Secretaria de Educação. São solicitados o projeto pedagógico da escola, regimento interno e ainda há uma vistoria de engenheiros, da própria Educação, para vistoriar as instalações da unidade escolar. Após este trâmite, o estabelecimento recebe autorização de credenciamento e funcionamento", informa a Prefeitura.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Faculdades privadas aceitam nota do Enem abaixo da média exigida por Fies e Prouni para matricular novos alunos

Caderno de prova do Enem 2016 (Foto: Arquivo/G1)Com o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) cada vez mais difundido como forma de ingresso no ensino superior, é comum que instituições particulares utilizem a nota dos alunos como pontuação do vestibular. A nota de corte exigida, no entanto, não se aproxima do padrão estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC) como referência, por exemplo, para o Programa Universidade Para Todos (Prouni) ou o Fundo de inanciamento Estudantil (Fies).
Enquanto os programas governamentais exigem um mínimo de 450 pontos para inscrição em processos como o Prouni ou Fies, todas as instituições procuradas pelo G1 exigem menos do que isso. Algumas solicitam ao menos 300 pontos, quando a nota mais baixa do Enem 2016 foi 280,2. Outras pedem apenas que o estudante não tenha zerado o Enem, uma prova que vale em torno de mil pontos.
Não existe jurisprudência do MEC ou da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes) sobre o assunto: cada instituição tem a liberdade para definir a forma de ingresso dos candidatos, bem como a nota exigida de cada um.
"Não tem uma regra geral, como é o caso do Prouni e do Fies. Cada instituição tem a prerrogativa de determinar quais critérios vai utilizar na seleção", diz o diretor executivo da Abmes, Sólon Caldas.
Das sete instituições que responderam ao questionamento do G1, quatro exigem a nota mínima de 300 pontos no Enem para que o aluno participe do processo seletivo: Cruzeiro do Sul, Anhembi-Morumbi, FMU e Estácio de Sá.
No Centro Universitário São Camilo, exige-se que o candidato não tenha zerado a redação e que tenha obtino no mínimo 20 pontos na prova objetiva. Na Anhanguera, basta não ter zerado o Enem. A São Judas não informou as notas de corte para ingresso, mas ressaltou que o estudante não pode ter tirado nota zero na redação.

"O que difere do processo tradicional é que o aluno que ingressa via nota do Enem não precisa vir fazer a prova, basta preencher uma ficha de inscrição. O corte depende do índice da prova, mas normalmente o aluno que ingressa na instituição tem uma nota muito boa. Temos concursos de bolsas, e um número grande de estudantes que conseguiram vieram com boas notas no Enem", comenta a responsável pela Central de Atendimento ao Candidato da São Judas, Alyssa Scarcini.
Novas regras do Fies
O diretor executivo da Abmes, Sólon Caldas, aponta as novas regras do Fies como um fator motivador para essas condições de entrada no ensino superior. "Quando o governo mudou as regras, as exigências ficaram muito restritivas. De um lado, temos o aluno que quer a vaga. Do outro, temos vagas sobrando. Os alunos não têm condições de atender a todos os requisitos", lamenta.
Questionado sobre o baixo crivo estabelecido pelas instituições, Caldas garante que isso não significa perda de qualidade no ensino. "A nota do Enem não necessariamente quer dizer que o aluno é bom ou ruim. Os estudantes mais pobres, que fazem o ensino básico em escolas públicas e têm deficiências nessa etapa, são os que vão para as faculdades particulares. Corremos o risco de penalizarmos o aluno duas vezes. Primeiro, porque ele estuda nas piores escolas. E depois ele não pode entrar no ensino superior? Talvez estejamos penalizando pessoas que não tiveram oportunidade de ingresso em escolas superiores", pondera.
"A nota do Enem não necessariamente quer dizer que o aluno é bom ou ruim. Os estudantes mais pobres, que fazem o ensino básico em escolas públicas e têm deficiências nessa etapa, são os que vão para as faculdades particulares." - Sólon Caldas

Fonte: G1
Leia Mais ››

Carro atropela militares de patrulha antiterrorista na França

Um carro atropelou uma patrulha antiterrorista, deixando seis feridos, nesta quarta-feira (9), em Levallois Perret, perto de Paris, na França. As equipes que buscam combater ataques extremistas passaram a atuar no país depois dos atentados de 2015.
Segundo a Associated Press, um homem foi preso na região norte de Paris, suspeito de ser o atropelador. Ele foi hospitalizado com ferimentos de balas. De acordo com autoridades, ele dirigia o mesmo veículo BMW usado no ataque e foi baleado durante sua captura.
Não está claro qual era a motivação do motorista, mas autoridades disseram que ele acelerou deliberadamente pare atingir os soldados. Os procuradores estão investigando como um potencial ataque terrorista.
O presidente Emmanuel Macron disse que o incidente é uma prova da necessidade de aprovar uma nova legislação de segurança, que críticos dizem que poderá infrigir liberdades e colocar o país em um estado de emergência permanente.

Polícia e forças de resgate fazem operação da captura de suspeito de atropelar policiais (Foto: Reuters/Pascal Rossignol)
Polícia e forças de resgate fazem operação da captura de suspeito de atropelar policiais (Foto: Reuters/Pascal Rossignol)

Duas das vítimas foram internadas em estado grave. Elas foram levadas para o hospital militar Percy, em Clamart, informou a TV BFM.
O incidente aconteceu por volta das 8h30 locais (3h30 de Brasília) perto da Câmara Municipal de Levallois Perret, na periferia oeste de Paris. A prefeitura de Levallois Perret indicou que a unidade antiterrorista atingida era formada por 16 agentes.

Policiais e funcionários do serviço de resgate se aproximam do local onde agentes da polícia antiterrorista foram atropelados, em Levallois-Perret, na França, nesta quarta-feira (9)  (Foto: Thierry Chappé / AFP )
Policiais e funcionários do serviço de resgate se aproximam do local onde agentes da polícia antiterrorista foram atropelados, em Levallois-Perret, na França, nesta quarta-feira (9) (Foto: Thierry Chappé / AFP )

Em declarações à emissora "France Info", o prefeito da localidade, o conservador Patrick Balkany, considerou "intolerável" e "vergonhosa" a "agressão" contra os militares.
As equipes antiterroristas contam com 10 mil agentes em todo o país. Elas patrulham a França desde 2015, depois de uma série de ataques coordenados deixou mais de 100 mortos e centenas de feridos na casa de shows Bataclan, em restaurantes de Paris e no Stade de France, em Paris e Saint-Denis.

Local da ocorrência é isolado por forças de segurança, nesta quarta-feira (9) (Foto: Benoit Tessier/Reuters)
Local da ocorrência é isolado por forças de segurança, nesta quarta-feira (9) (Foto: Benoit Tessier/Reuters)

Outro incidente
A ação acontece quatro dias depois que um jovem de 18 anos tentou entrar com uma faca na Torre Eiffel aos gritos de "Deus é Grande" em língua árabe. O agressor, que foi rendido pelas forças da ordem, tinha uma permissão do hospital psiquiátrico em que estava internado. Ele voltou para a instituição após ser examinado por especialistas.
No entanto, a Procuradoria Antiterrorista abriu uma investigação por "tentativa de assassinato" e por "associação criminosa com fins terroristas", depois que, durante a sua detenção, o jovem assegurou que mantém contato com o grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

Fonte: G1
Leia Mais ››

Casal é preso suspeito de espancar grávida até a morte e atear fogo ao corpo, em Aparecida de Goiânia

Um casal foi preso suspeito de espancar e matar uma grávida de 4 meses, além de atear fogo no corpo dela, em Aparecida de Goiânia, Região Metropolitana da capital. Segundo a Polícia Civil, a alegação do borracheiro, de 26 anos, e da mulher dele, uma dona de casa, de 40, foi a de que a vítima, Patrícia da Conceição,de 23, teria feito "fofoca" sobre a vida íntima deles e ainda relatado a traficantes da região que o homem também estaria vendendo entorpecentes.
A investigação apontou que três adolescentes, sendo dois filhos da suspeita, de 12 e 16 anos, além de um garoto de 14, participaram do homicídio, mas estão em liberdade. A vítima foi espancada com golpes de martelo, paus e foi enforcada com fios elétricos.
Depois, o corpo foi levado em um carrinho de supermercado até um matagal, conforme mostra um vídeo obtido pela polícia (veja acima). Enquanto dois menores o conduzem, o suspeito passa de carro ao lado. Logo depois, o a grávida foi abandonada e parcialmente carbonizada.
Durante a apresentação à imprensa nesta quarta-feira (9), a dona de casa preferiu ficar em silêncio. Já o borracheiro confessou o crime, mas disse que agiu porque se sentiu intimidado.
"Fui ameaçado de morte por uma 'casinha' que ela estava fazendo, ai eu tive que me defender. Ela estava armando uma cilada para os traficantes me pegar, fui repreendido por um deles e tive que agir", afirmou.

 Casal é preso suspeito espancar grávida até a morte e atear fogo ao corpo (Foto: Sílvio Túlio/G1)
Casal é preso suspeito espancar grávida até a morte e atear fogo ao corpo (Foto: Sílvio Túlio/G1)

O borracheiro também é suspeito da morte de outra jovem, em 29 de junho deste ano. Na ocasião, Karen Cristina de Godói Lopes também teve o corpo carbonizado. Em relação a este homicídio, ele se diz inocente.
Espancamento
O assassinato de Patrícia da Conceição foi cometido no último dia 2 de junho. Segundo o delegado Rodrigo Pereira, o crime foi cometido no Setor Comendador Walmor, na residência do casal. Ele explica que, por conta das fofocas, o borracheiro decidiu que iria "dar uma lição" na grávida. Em uma armadilha, a dona de casa chamou a jovem para consumir drogas, pois ela também era usuária.
"A Patrícia estava sentada na sala. O borracheiro usou crack e quando bateu o efeito ele deu um golpe de martelo na cabeça dela. Ele não desmaiou e ele pegou uma perna de pau e começou a dar pauladas nela. Com a vítima ainda resistente, ele passou a agredí-la com socos. Depois, ele a amarrou com fios elétricos e também a estrangulou com o mesmo material", disse.
O corpo foi encontrado por vizinhos na área da Serra das Areias, no mesmo dia do crime. O casal foi detido na última segunda-feira (7), na casa onde mora, no Setor Comendador Walmor, em um cumprimento a um mandado de prisão.

Menores
Pereira afirmou que, enquanto Patrícia era espancada, um dos filhos da dona de casa, de 16 anos, ajudou a segurar as pernas da vítima para que ela fosse amarrada. Após a morte, o corpo foi coberto por uma capa de sofá para ser ocultado.
Para levar a vítima até o matagal, o borracheiro pediu ajuda do outro enteado, de 12 anos, além de um garoto, de 14, que trabalhava com ele na borracharia. Ambos levaram o corpo dentro de um carrinho de supermercado, obtido em um estabelecimento próximo à residência.
"Nós fazer uma cópia do processo e encaminhar à Delegacia de Apuração de Ato Infracional (Depai) de Aparecida de Goiânia, que será responsável por investigar o caso", explicou.
O borracheiro está detido no 1º DP de Aparecida de Goiânia. Já a dona de casa está detida no 14º DP da capital. Segundo o delegado, ela afirmou que está sendo ameaçada pelas outras presas devido a ter elo com a morte de uma grávida.
O casal deve ser indiciado por homicídio qualificado, aborto, ocultação de cadáver e corrupção de menores. Se condenados, podem pegar entre 17 a 47 anos de prisão.

 Grávida foi espancada com martelo e pernas de pau; depois foi estrangulada com fios elétricos (Foto: Sílvio Túlio/G1)
Grávida foi espancada com martelo e pernas de pau; depois foi estrangulada com fios elétricos (Foto: Sílvio Túlio/G1)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Prefeito 'ficha suja' que disputou e ganhou eleição em MT deve deixar o cargo, determina TSE

Getúlio Viana (PSB) deve deixar o cargo de prefeito de Primavera do Leste (Foto: Prefeitura de Primavera do Leste-MT/ Assessoria)
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve nesta terça-feira (8) o indeferimento do registro da candidatura do prefeito de Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá, Getúlio Viana (PSB), que disputou e ganhou a eleição no ano passado mesmo com uma condenação em segunda instância. Considerado "ficha suja", Viana obteve na Justiça Eleitoral o direito de assumir o cargo.
A advogada Cibelly Amaral afirmou que Viana vai permanecer no cargo até a publicação do acórdão e depois a defesa irá interpor recurso no Supremo Tribunal Federal (STF). "Vamos ver o que o Supremo vai decidir, se ele permanece ou se terá novas eleições", pontuou.
Nesse caso, o cargo deverá ser assumido pelo presidente da Câmara de Vereadores, Leonardo Bortolin (PMDB), pois o vice-prefeito José Alécio Michelon, o Zezinho (PSDB), também não poderá ocupar a vaga, já que a decisão se estende à toda a chapa.
Viana teve o registro de candidatura impugnado nas eleições de 2016 pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) com base na Lei da Ficha Limpa, que impede a candidatura de pessoas que tenham sido condenadas em decisão colegiada. E esse foi o argumento usado à época pelo Ministério Público Eleitoral para pedir o indeferimento do registro dele, o qual foi acatado em primeira instância.
No entanto, o então candidato, que atualmente comanda a Prefeitura de Primavera do Leste, disputou a eleição com o registro impugnado, recebeu 57% dos votos válidos, o que corresponde a 10.075 votos válidos.
Ele então recorreu ao TSE para ser empossado. O recurso foi rejeitado pela ministra Rosa Weber. Mas Viana recorreu da decisão monocrática e obteve, durante o recesso do Judiciário, liminar do então presidente em exercício do TSE, ministro Napoleão Nunes Maia, que garantiu a diplomação e a posse dele.
Entretanto, nesta terça-feira, o recurso foi analisado pelo plenário, que decidiu manter a decisão da ministra Rosa Weber. No entendimento dela, o prefeito realizou despesas impróprias com viagens. A prefeitura custeou a viagem de autoridades que tinham sido convidadas para participar de um evento naquele município.
O TSE se baseou nas decisões do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) e do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT), que haviam determinado a suspensão dos direitos políticos diante da condenação por ato doloso de improbidade administrativa.
Segundo a defesa, o TSE o condenou por enriquecimento ilícito, mas na Justiça comum não havia tido essa condenação, o que vai ser alegado no recurso protocolado ao STF.
Viana também havia sido denunciado pela realização de despesas não legítimas com refeições e hospedagens, aquisição de bens e serviços sem processo licitatório e contratação e manutenção de servidores sem concurso público.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Rodrigo é denunciado por agressão e pode pegar 12 jogos por empurrões em Milton

Empurrão do zagueiro da Ponte no treinador do Vasco (Foto: infoesporte)A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) formalizou a denúncia contra o zagueiro Rodrigo, da Ponte Preta. Pelos empurrões no técnico do Vasco, Milton Mendes, após o empate por 0 a 0 entre os times no último domingo, o jogador foi enquadrado no artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), nos termos de agressão física, e pode pegar de quatro a 12 jogos de suspensão.
A pena ainda corre o risco de aumentar se o auditor responsável pelo processo entender que, da agressão, resultou "lesão corporal grave, atestada por laudo médico", como diz o parágrafo dois do artigo. Neste caso, o gancho iria de oito até 24 partidas. A aplicação desse item vai depender das provas à disposição. Milton Mendes chegou a fazer exame de corpo e delito, que, segundo a assessoria do técnico, constatou uma lesão no pé.
Como Rodrigo é reincidente, uma vez que recentemente foi suspenso por quatro jogos (a pena acabou reduzida para dois) por desrespeito a membros da equipe da arbitragem e também agressão física na derrota por 2 a 1 para o Palmeiras, em Campinas, o departamento jurídico da Macaca terá dificuldade para aliviar a pena desta vez.

Pelo acúmulo de três cartões amarelos, Rodrigo desfalca a Ponte nesta quarta-feira, contra o Fluminense, às 20h, no Majestoso. Depois, ficará à disposição de Gilson Kleina até a data de julgamento, ainda indefinida, pois o edital de convocação precisa ser publicado.
Em comunicado na segunda-feira, a assessoria de imprensa da Ponte informou que, por orientação do departamento jurídico do clube, Rodrigo não vai mais se manifestar sobre o episódio.
O zagueiro também pode ser indiciado por lesão corporal e injúria. Em Boletim de Ocorrência registrado no plantão policial, ainda em Campinas, Milton Mendes acusou Rodrigo de agredi-lo com empurrões, chutes e pisão no pé e também de ofendê-lo verbalmente. Com a queixa, a Polícia Civil vai investigar o caso para ver se abrirá inquérito.

Fonte: Globo Esporte
Leia Mais ››

Retirada de dólares do país em julho superou a entrada em US$ 2,64 bilhões

A retirada de dólares da economia brasileira superou o ingresso da moeda em US$ 2,64 bilhões no mês de julho, informou o Banco Central nesta quarta-feira (9).
Esse foi o segundo mês seguido de evasão de divisas. Em junho, US$ 4,3 bilhões já haviam deixado a economia brasileira.
A saída de recursos se intensificou após o agravamento da crise política provocado pelas delações de executivos do frigorífico JBS e que envolvem o presidente Michel Temer.
Com base nas delações, a Procuradoria Geral da República denunciou Temer por crime de corrupção passiva. Na semana passada, a Câmara rejeitou denúncia e livrou Temer de responder a processo no STF.
No começo de agosto, porém, o BC informou que os dólares voltaram a ingressar no país. Nos quatro primeiros dias úteis deste mês (entre 1º e 4), US$ 361 milhões entraram no país.
No acumulado deste ano, até a última sexta-feira (4), o ingresso de dólares superou as retiradas em US$ 5,19 bilhões. No mesmo período do ano passado, US$ 9,61 bilhões haviam sido retirados do Brasil.
Impacto no dólar
A saída de dólares favorece, em tese, a alta da moeda em relação ao real. Isso porque, com menos dólares no mercado, seu preço tenderia a subir.
Em julho, porém, o dólar registrou queda de 5,87% sobre o real - o maior recuo mensal em mais de um ano. No fim de junho, a moeda norte-americana estava em R$ 3,31 e, no fechamento de julho, foi cotada a R$ 3,11.
Segundo analistas de mercado, além do fluxo de dólares, outros fatores influenciam a cotação da moeda, como o cenário político interno e externo e o processo gradual de alta dos juros nos EUA, que tende a atrair capital para aquela economia.
Nesta quarta-feira, o dólar opera em alta acompanhando a trajetória da moeda ante divisas emergentes no exterior, em ambiente de maior aversão ao risco com o acirramento das tensões geopolíticas entre Estados Unidos e Coreia do Norte, segundo a Reuters.

Interferência do BC
Outro fator que influencia a cotação do dólar são as operações de swap cambial, que funcionam como uma venda futura de dólares, ou de "swaps reversos", que funcionam como uma compra de dólares no mercado futuro.
Nestas operações, o BC faz oferta de dólares para tentar controlar a cotação da moeda e impedir grandes oscilações. Além disso, essas operações servem para oferecer garantia (hedge) a empresas contra a valorização do moeda.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Dona de Le Lis Blanc e Dudalina fecha 26 lojas e 2 fábricas para retomar lucro

Marca Dudalina faz parte do grupo Restoque, que está cortando custos  (Foto: Miami Store)A Restoque, dona das marcas Dudalina, Le Lis Blanc e John John, está no meio de um plano de corte de custos para ganhar eficiência. No primeiro semestre, a empresa fechou 26 lojas, duas fábricas e reduziu 277 cargos administrativos, segundo informações divulgadas em seu balanço financeiro.
"A companhia passou de uma base de 327 lojas ao final de 2016 para 301 ao final do 2T17, seguindo seu plano de conferir maior eficiência ao varejo, com foco em maior produtividade da base existente de lojas, no ganho de rentabilidade e na geração de caixa", disse a empresa no relatório de divulgação dos resultados.
O objetivo da companhia é aumentar a produtividade por metro quadrado. Com essas mudanças, a empresa disse que esse indicador melhorou 28,2% no período.
Com as mudanças, a empresa teve um lucro de R$ 8,2 milhões no segundo trimestre. O resultado ocorre após sete trimestres consecutivos de perdas.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Polícia prende suspeito de oito assassinatos e considerado o maior homicida de Pernambuco

Suspeito de diversos assassinatos foi preso pela Polícia Civil de Pernambuco (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
A Polícia Civil de Pernambuco prendeu na terça-feira (8), no Recife, o homem conhecido como o maior homicida do estado. Aos 23 anos, o suspeito é apontado como líder de um grupo e responsável por oito assassinatos e duas tentativas de homicídio registrados este ano. Desse total, sete mortes ocorreram em cinco meses de 2017, na Zona Norte da cidade.
O caso foi apresentado, na manhã desta quarta-feira (9), durante entrevista coletiva no Recife. De acordo com a polícia, os assassinatos têm relação com a disputa territorial entre traficantes de drogas e acertos de contas.
O homem atuava, de acordo com a polícia, no bairro da Guabiraba, que lidera o ranking de áreas com maior número de Crimes Violentos Letains Intencionais (CVLis) na cidade. “Ele confessou a participação em dois assassinatos e em uma tentativa de homicídio. Alegou que um dos crimes atribuídos a ele foi praticado com uma arma que já tina sido repassada”, observou o delegado Alfredo Jorge.
A captura foi efetuada por policiais do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). O rapaz está no Centro de Triagem de Abreu e Lima (Cotel), no Grande Recife.

Delegados Ivaldo Pereira (direita) e Alfredo Jorge detalharam a investigação e crimes atribuídos ao preso (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Delegados Ivaldo Pereira (direita) e Alfredo Jorge detalharam a investigação e crimes atribuídos ao preso (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

O suspeito tinha um mandado de prisão preventiva por um dos asssasinatos. Pesavam contra ele outro mandado de prisão provisória por um duplo homicídio, além de um mandado de sentença condenatória por tráfico de drogas.
Segundo a polícia, o último crime cometido pelo suspeito, uma tentativa de homicídio, ocorreu no dia 26 de julho, na Guabiraba. Ele participou de assasinatos em três dias seguidos, em junho.
O suspeito já havia sido preso por tráfico de drogas em 2012 e acabou solto dias depois. No mesmo ano, voltou a ser detido e deixou o sistema prisional em 2015. A Justiça o condenou a mais de oito anos de reclusão.
Com ele, os policiais capturaram mais dois suspeitos. A dupla tem relação com duas mortes também atribuídas ao líder do grupo. Todos os casos foram na Zona Norte. As prisões ocorreram meses depois de captura de integrantes de um grupo rival.
Violência
De acordo com o delegado Alfredo Jorge, os crimes atribuídos ao suspeito foram praticados com vários tipos de armas. ”Ele usava espingarda calibre 12, revólver ou faca. Em um duplo assassinato, por exemplo, ele usou revólver e faca”, afirmou.
O delegado observou que os casos têm relação com disputa territorial ou são decorrentes do tráfico de drogas. “Uma mulher tinha uma dívida de drogas com ele. Para pagar, deu uma casa. Mas, ao mesmo tempo, vendeu o imóvel para outra pessoa. Ele foi lá e matou os envolvidos”, explicou.

Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vinha analisando locais com maior incidência de homicídios (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)
Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) vinha analisando locais com maior incidência de homicídios (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)

Ranking
O gestor do DHPP, Ivaldo Pereira, ressaltou, durante a coletiva, que a ação policial que resultou nas prisões foi baseada em um levantamento sobre assassinatos feito pela corporação. O bairro da Guabiraba, onde o grupo atuava, por exemplo, registrou, nos últimos 30 dias, seis mortes. Em seguida, com quatro, aparecem Piedade e Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, além de Várzea e Cohab, no Recife.
Segundo Pereira, o número de crimes desse tipo vem caindo nos últimos meses. Em março, segundo a polícia, a capital pernambucana teve 96 assassinatos. No mês seguite, foram 72. “Em maio, tivemos 58, em junho, 56 e em julho, 52”, observou.
Estatísticas
De acordo com Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS), o primeiro semestre de 2017, Pernambuco contabilizou 2.876 homicídios, número 39,3% maior do que os 2.063 assassinatos registrados no mesmo período do ano anterior.
Os dados foram divulgados no dia 14 de julho. Eles mostram que o mês de junho deste ano teve 380 homicídios no estado, quantitativo que a pasta destaca como menor em comparação aos outros meses do ano. No entanto, esse número é 14,4% maior em comparação a junho de 2016, quando foram registrados 332 assassinatos no território pernambucano.
Em junho deste ano, Pernambuco registrou 380 homicídios. De acordo com os Indicadores Criminais da Secretaria de Defesa Social (SDS), boa parte da motivação se deu pelo tráfico de drogas. Foram 105 mortes, 27,6%, relacionadas a esse tipo de crime.
No primeiro semestre de 2017, Pernambuco contabilizou 2.875 homicídios, número 39,3% maior do que os 2.063 assassinatos registrados no mesmo período do ano anterior. Listado como o segundo maior responsável pelo índice de homicídios no mês de junho, o acerto de contas contabilizou 88 mortes. Ele só fica a frente dos 65 óbitos oriundos de conflitos.

Fonte: G1
Leia Mais ››

FPM: Municípios recebem primeira parcela de agosto nesta quinta-feira

O primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) para o mês de agosto será de R$ 2.940.603.707,90. O valor, com o desconto do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), será depositado nesta quinta-feira, 10 de agosto, nas contas das prefeituras.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) ressalta que o FPM, em valores brutos, somado a dedução do Fundeb, será de R$ 3.675.754.634,88. Estudos da entidade apontam que esse 1º decêndio de agosto de 2017 comparado com mesmo período de 2016 teve um crescimento de 1,33% em termos nominais - comparando os valores sem considerar os efeitos da inflação. Já o valor real do repasse do 1º decêndio de agosto em relação ao mesmo decêndio de 2016 apresentou uma queda de 0,68% levando em conta as consequências da inflação.

O montante de FPM repassado ao longo de 2017 até o momento totaliza R$ 60,579 bilhões. Isso representa um aumento de 11,43% em relação ao montante transferido aos Municípios, no mesmo período do ano anterior, sem considerar os efeitos da inflação. A CNM ressalta que nesse montante leva-se em consideração o repasse de 1% de julho - previsto na Emenda Constitucional 84/2014 que resultou em cerca de R$ 3,999 bilhões de reais. Considerando os efeitos da inflação, o Fundo acumulado em 2017 apresenta crescimento de 7,33% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Previsões

A CNM reforça aos gestores que fiquem atentos as previsões nominais da Secretária do Tesouro Nacional (STN) que estima para o mês de agosto um crescimento de 34% em relação ao mês anterior. A entidade frisa ainda que essas previsões são nominais e, por isso, não consideram os efeitos da inflação. Contudo, como a sazonalidade do FPM no segundo semestre é inferior em relação aos resultados obtidos no primeiro semestre, a CNM reforça que é necessário atenção e boa gestão com os recursos municipais.

Repatriação

No mês de agosto os Municípios receberam uma parte maior do Regime Especial de Regularização Cambial e Tributária (Rerct) -  a repatriação. A CNM lembra que o repasse vem sendo pago, a valores menores, desde o segundo decêndio de abril. Porém, a maior parte foi paga no atual decêndio. Veja a nota completa e os valores por Municípios aqui

Fonte: CNM
Leia Mais ››

Secretaria investiga cinco mortes de crianças com causa desconhecida desde 2012 no Piauí

IML de Teresina recebeu o corpo da última criança morta e emitirá laudo cadavérico (Foto: Catarina Costa/G1)
A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) informou nesta quarta-feira (9) que está investigando, com auxílio do Instituto Médico Legal, as mortes de cinco crianças ocorridas desde 2012, com causa desconhecida. As vítima eram todas moradoras do mesmo bairro na cidade de Barra D'Alcântara, 253 km de Teresina, e morreram por insuficiência respiratória. A última vítima morreu no dia 3 deste mês.
Segundo o secretário municipal de saúde da cidade, Francisco das Chagas, os óbitos ocorreram em um período de cinco anos e se relacionam devido à proximidade da residência das vítimas, mesmos sintomas, forma como ocorreu a morte e o fato de todas as vítimas serem crianças. A mais nova tinha apenas um mês de vida e a mais velha, sete anos.
"Todos moravam perto, com exceção do bebê de um mês, mas ainda assim era no mesmo bairro. As crianças mais velhas estavam todas brincando perto de uma faveira (árvore cujo fruto é a fava) e morreram rapidamente, em menos de duas horas no caso dessa última. Elas sentiram náusea, pressão no peito e dor de cabeça e morreram no hospital com insuficiência respiratoria", declarou o secretário.
No último caso, a criança começou a passar mal e foi levada ao posto de saúde de Barra D'Alcântara. Devido à gravidade da situação em que se encontrava, segundo o secretário, foi levada ao hospital regional de Valença do Piauí e morreu momentos depois de dar entrada na unidade de saúde.
O secretário do município disse que a primeira morte aconteceu em 2012 e a última no dia 3 deste mês, sendo a única morte do tipo registrada este ano. "Desde que eu assumi a gestão na cidade, somente esse caso foi registrado, mas sabemos que há esses outros em que a causa da morte não foi determinada e foram iguais. Então acionamos a saúde do estado para nos ajudar", declarou.

Em nota, a Sesapi informou que "foi procurada pelo município para ajudar no diagnóstico da situação. A Secretaria orientou a vinda do corpo para realização de autópsia no Instituto Médico Legal (IML), onde foram colhidos materiais para exames. De posse dos resultados, a Secretaria irá encaminhar equipes da Epidemiologia ao município para investigação direcionada, já que no momento (...) tem dados insuficientes que levam a crer em diversas possibilidades das causas que levaram a tais óbitos".

Fonte: G1
Leia Mais ››