Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

domingo, julho 30, 2017

São José de Campestre registra o 17º homicídio de 2017. Viciado em drogas foi executado a tiros


Mais um crime de homicídio foi registrado na cidade de São José de Campestre, região Agreste do Rio Grande do Norte. Segundo informações da Polícia Militar, a ocorrência se deu no inicio da noite dessa sexta-feira, 28/07, em um matagal nas proximidades do bairro Paraíba.
A vítima, cujo o apelido era Catemba, foi identificada como Carlos Pereira da Silva que segundo informações, foi atingido por vários disparos de arma de fogo na cabeça e veio a óbito no local. O mesmo era viciado em drogas.
O ITEP foi acionado e fez a remoção do corpo para necropsia.
O número de homicídios chega a 17 entre Janeiro e Julho desse ano no município. A Polícia Civil investigará o caso.

Fonte: O Paralelo
Leia Mais ››

Polícia age rápido e apreende elemento suspeito pela morte de Chico Branco

Após a morte do idoso conhecido por Chico Branco na noite de sexta feira(28) em Assu, policiais da RP sob o comando do Cb Queiroz colheram informações e conseguiram localizar o autor de ter desferido as pauladas na cabeça da vítima.
O suspeito que é menor de idade de iniciais, C.M.X.F. , tem apenas 17 anos, foi localizado na BR-304, montado em um cavalo, o mesmo seguia em direção ao assentamento Professor Mauricio de Oliveira, zona rural de Assu. O menor confessou ter desferido a paulada na cabeça de Chico de Branco.
Policiais da RP do 10º BPM recambiaram o acusado a delegacia de polícia plantonista na cidade de Mossoró para a realização dos procedimentos.

Fonte: Focoelho
Leia Mais ››

Popular conhecido por “Chico Branco” é morto a pauladas em Assu/RN

Na noite desta sexta-feira 28 de Julho, por volta das 21;hs, a polícia militar foi acionada de quem um senhor teria sido assassinado a pauladas no interior de sua residência na rua José Leão, no bairro São João em Assu.

Segundo as informações, a vítima por nome Francisco Gomes Ferreira, 75 anos, mais conhecido por Chico Branco, teria sido morto por elementos que possivelmente teriam tentado assalta-lo, versão essa que ainda será apurada pela policia civil.

Fonte: Focoelho
Leia Mais ››

Funcionário Público tem moto furtada durante evento festivo em São Francisco do Oeste/RN

Um funcionário público procurou o Destacamento Policial de São Francisco do Oeste/RN, por volta das 02h da madrugada deste sábado(29)  para informar que sua motocicleta  YAMAHA/Factor YBR 125 E, ano e modelo 2011, de cor preta, placa NOF 7252/ teria sido  furtada, quando se encontrava estacionada nas proximidades da praça da Matriz. Ele participava de um evento festivo no Centro da cidade quando ocorreu o furto. 

A Polícia realizou diligências e não obtiveram êxito até o momento. 

Fonte: Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

Jovens são detidos acusados de trafico de drogas em Grossos

Imagem
Militares do Destacamento de Grossos, região do Costa Branca do Rio Grande do Norte, prenderam na manhã de hoje, 29 de julho, Antônio Clóvis da Silva de 22 anos de idade e Cristiano Melo de Mendonça, acusados de tráfico de drogas. Os dois foram presos durante operação para combater o tráfico na região das praias.

Antônio Clóvis é preso de Justiça e foi detido em casa. Cristiano foi localizado, também em casa noutro momento da operação. Com eles a policia encontrou Maconha, embalagens utilizadas para acondicionar drogas, dinheiro fracionado e celulares.

Segundo o Ten Coronel Humberto Pimenta, comandante de 12 Batalhão de Mossoró, Antônio Clóvis e Cristiano, foram conduzidos para a Delegacia de Plantão em Mossoró, onde foram realizados os procedimentos. Eles deverão aguardar a decisão da Justiça em algum presídio na região.

Fonte: O Câmera
Leia Mais ››

Polícia registra duas tentativas de homicídios na manhã deste sábado em Mossoró

A Polícia Militar registrou nesta manhã de sábado 29 de julho de 2017, duas tentativas de homicídios, uma por arma branca e outro por arma de fogo em bairros distintos na cidade de Mossoró no Oeste Potiguar. 

O primeiro atentado ocorreu no bairro Alto da Pelonha, onde foi vítima a pessoa de Roberto de Moura da Silva de 38 anos, morador do bairro. Ele foi furado por arma branca (Faca), na região do ombro e segundo testemunhas, uma mulher que estava com o mesmo seria suspeita de tentar matá-lo a facadas. 

Roberto de Moura foi socorrido por uma ambulância de suporte básic do Samu, para o Hospital Regional Tarcísio Maia e segundo os médicos não corre risco de morrer. 

Uma guarnição da PM foi até o HRTM colher informações junto a vítima, que disse ao policial Lúcio da VTR 234, que estava em um bar, no Alto da Pelonha, quando se envolveu em uma confusão e recebeu uma facada, mas não sabe quem o furou. O mesmo negou que a mulher que estava com ele, tenha tentado lhe matar. 

Um outro atentado, este por arma de fogo foi registrado no bairro Boa Vista, onde um ex-presidiário conhecido apenas como "Ureia", morador do bairro, por pouco não foi alvejado. 

Ele contou aos policiais militares que atenderam a ocorrência, que estava na calçada de sua casa, com o pai e a esposa, quando dois homens chegaram em uma moto Honda estrada de cor vermelha e o garupa sacou um revolver e atirou três vezes em sua direção. 

Para escapar da morte,a vítima correu e se refugiou dentro de um estabelecimento comercial, proximo a sua casa e não foi atingido pelos disparos. Os suspeitos fugiram após o atentado em sentido ignorado.


Fonte: Fim da Linnha
Leia Mais ››

Deicor apreende armas e explosivos de quadrilha que atacava bancos na Paraíba e no RN.


Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor-RN) apreenderam, neste sábado 29 de julho, explosivos e armas de fogo, utilizados por uma quadrilha em assaltos à instituições bancárias. 

O material foi encontrado em uma residência na cidade de São José do Mipibu, onde estavam os suspeitos pela explosão, ocorrida na madrugada deste sábado, de duas agências bancárias e dos Correios nos municípios de Belém e Malta, localizados no estado da Paraíba. 


Os policiais da Deicor receberam a informação, por um colaborador, de que a quadrilha estaria planejando um roubo neste sábado no estado do Rio Grande do Norte ou no estado da Paraíba e que em seguida fariam caminho para a cidade do Natal. Com a ocorrência do roubo na Paraíba, foram realizadas diligências e campanas nas estradas para encontrar os foragidos no Rio Grande do Norte. Veículos da mesma descrição que os utilizados no roubo foram encontrados e seguidos pelos policiais até adentrarem em uma granja localizada em Taborda, na cidade de São José do Mipibu. 

Os policiais formaram um cerco em torno do terreno do sítio para evitar fugas e efetuar a prisão da quadrilha. Os integrantes da quadrilha iniciaram confronto armado com a polícia, conseguindo quebrar o cerco e fugir. Dois deles acabaram sendo atingidos e deixados para trás. Os dois feridos foram socorridos mas não resistiram aos ferimentos e vieram a óbito. Os corpos ainda não foram identificados. 

No sítio foram encontrados diversos materiais utilizados nos crimes de roubo à instituições bancárias. A quantidade encontrada de explosivo era o suficiente para causar explosões em até 200 agências, sendo encontrados trezentos e cinquenta espoletins, nove tubos nonel, quatro emulsões encartuchadas, uma carga tubular, quarenta e um estopins, vinte e cinco quilos de ANFO e um carretel de cordel NP5. Acredita-se que grande parte do material explosivo tenha sido tomado em um roubo à uma pedreira no dia 09 de julho na cidade de São Gonçalo do Amarante. 


De armas e munições foram apreendidos 05 pistolas taurus, 01 revólver taurus, 01 espingarda combat, 02 fuzis, 11 carregadores calibre 5.56mm, 02 cartuchos de calibre 5.56 e 619 munições de diversos calibres. Também foram apreendidos uma quantia de aproximadamente 40 mil reais, sendo a maioria manchada de tinta rosa pelos mecanismos de marcação de notas roubadas instalados nas instituições atacadas, dois carros e uma moto. As investigações e diligências continuam para encontrar os foragidos.




Fonte: Fim da Linha/Degepol
Leia Mais ››

Prefeito do RN deixa esposa para ficar com ex-BBB Cacau

Ex-BBB e prefeito da cidade de Sítio Novo se conheceram no início do mês em festa junina. De acordo com informações repassadas por fontes desta coluna, o prefeito do município de Sítio Novo, Edilson Júnior, do PSD, separou da esposa (não vamos revelar o nome dela para evitar mais barracos) para ficar com Cacau. 
A youtuber e Edilson se conheceram no início do mês durante o badalado Festival de Quadrilhas de Sítio Novo, cidadezinha com pouco mais de cinco mil habitantes. O prefeito fez o convite à linda, que acabou aceitando, é claro. Aliás, nesse dia ela até realizou uma sessão de fotos com alguns fãs (ex-BBB tem fãs?) no stand da prefeitura local. 
Dias após o encerramento das festas juninas de Sítio Novo, Edilson Jr. deixou a esposa plantada em casa e partiu para uma festa em Tangará. Foi lá que Cacau não teria resistido às investidas do rapaz de 24 anos. 
Uma pessoa próxima da ex-primeira-dama confirmou à coluna Gente No Ar que ela está separada do prefeito. Que Bafãããããõ. 

Fonte: Portal no Ar
Leia Mais ››

Ex-vereador Renato Dantas tem prisão decretada

O ex-vereador Renato Dantas está com prisão decretada. O político deveria cumprir inicialmente a pena com medidas restritivas de liberdade, mas por ter faltado a audiência admonitória e ter colocado impedimentos em receber o oficial de justiça, a pena foi convertida em regime aberto.

Dantas deverá ser levado para o Complexo Penal João Chaves para o cumprimento do mandado expedido pelo juiz Henrique Baltazar.

Fonte: Portal no Ar
Leia Mais ››

PGR decide apurar suposto envolvimento de 199 políticos com 'farra das passagens'

O procurador-geral Rodrigo Janot durante reunião do Conselho Superior do Ministério Público na última terça-feira (25) (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, informou ao Supremo Tribunal Federal que vai instaurar uma "notícia de fato" (procedimento interno de investigação preliminar) para apurar se há indícios do envolvimento de 199 políticos com foro privilegiado no STF com o caso conhecido como "farra das passagens aéreas".
São deputados federais, senadores, ministros de Estado e ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) que já foram parlamentares (leia o documento da Procuradoria Geral da República que relaciona os políticos).
O caso envolve suspeitas de que, entre 2005 e 2009, deputados negociavam com agências de viagens passagens da cota parlamentar. Esses deputados estariam usando a cota para viagens de parentes e amigos.
O escândalo foi revelado em março de 2009 pelo site Congresso em Foco. Depois disso, o então presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), que havia assumido o cargo em fevereiro, anunciou mudanças no uso das passagens, restringindo viagens internacionais e limitando o benefício a parlamentares e assessores.
Um inquérito específico em relação a alguns deputados – aberto em 2005 – foi arquivado pelo Supremo, em 2016. Além disso, indícios relativos a pessoas sem foro privilegiado foram enviados ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).
No mesmo procedimento, a Procuradoria da República na 1ª Região denunciou, no fim do ano passado, 443 ex-deputados pelo crime de peculato (desvio de dinheiro público) e remeteu ao Supremo uma lista com 212 nomes de pessoas suspeitas de envolvimento que têm foro privilegiado.
O juiz Marcus Vinicius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal de Brasília, enviou em março, ao Supremo, a denúncia oferecida pelo Ministério Público contra o atual ministro da Secretaria-Geral, Moreira Franco, por suposto uso indevido de passagens aéreas oferecidas pela Câmara. À época em que teriam ocorrido as irregularidades, Moreira Franco era deputado federal.
Em março, o ministro Luiz Fux, relator do procedimento no STF, enviou a lista a Janot para que o procurador-geral da República decidisse se queria ou não investigar os políticos.

Em documento datado de 24 de julho e protocolado no STF na última terça-feira (25), Janot informou a Fux que, dos 212 nomes, 13 não têm foro na Suprema Corte. Por esse motivo, o chefe do Ministério Público pediu que as suspeitas sobre os acusados sem foro sejam encaminhadas ao TRF-1 e à Justiça Federal em Brasília.
Na avaliação do procurador-geral, em relação aos demais 199 suspeitos com foro no STF, ainda não há indícios suficientes de atos ilegais dos políticos nos autos e não é possível apurar as condutas de todos em um mesmo procedimento, mostrando-se, segundo ele, "razoável uma apuração inicial no âmbito do Ministério Público".
"Apesar do registro pelas companhias aéreas de emissão de passagens em favor de terceiros, com utilização de verba das cotas de transporte dos parlamentares acima listados, não há nos autos informações suficientes sobre a efetiva participação e ilicitude da conduta dos investigados. Ademais, o grande número de investigados nesses autos, inviabiliza a apuração pormenorizada da conduta de cada um dos envolvidos, mostrando-se razoável uma apuração inicial no âmbito do Ministério Público Federal, a fim de esclarecer a ilicitude da conduta de utilização das verbas fora da autorização normativa e a efetiva participação dos parlamentares", diz o procurador.
Segundo Janot, após o procedimento preliminar, ele vai analisar se pede ou não abertura formal de inquéritos.
"Considerando o grande número de envolvidos e que o desmembramento do feito, para individualizar as condutas, causaria enorme transtorno ao Supremo Tribunal Federal, o procurador-Geral da República requer o arquivamento da presente Petição, informando essa Corte, desde já, que será instaurada de Notícia de Fato no âmbito do Ministério Público Federal, para melhor esclarecimento dos fatos quanto à materialidade e autoria, para, se for o caso, em seguida, requer-se a instauração de inquérito", afirmou Janot.
O pedido para arquivar a lista com os 199 políticos com foro no Supremo e remeter 13 nomes a outras instâncias será analisado pelo ministro Fux.

A Procuradoria Geral da República não tem prazo, após a instalação da apuração interna, para decidir se pede ou não abertura de investigação formal ao STF.
O caso
A chamada "farra das passagens" tornou-se pública em 2009. De acordo com as investigações, deputados utilizavam a verba da chamada cota parlamentar para emitirem passagens aéreas para viagens de lazer.
Segundo o procurador Elton Ghersel, que apresentou denúncia ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região contra parlamentares e ex-parlamentares no ano passado, os deputados também utilizavam a verba pública para comprar passagens para familiares e amigos.
Em outros casos, segundo o procurador, os parlamentares chegaram a vender milhas referentes à cota parlamentar para agências de viagens, que as revendiam para outros clientes.
À época em que o caso foi revelado, os deputados tinham direito a uma cota mensal de seis passagens aéreas, que deveriam ser destinadas a viagens aos estados de origem ou a viagens oficiais. Se o valor não fosse integralmente utilizado, os deputados podiam usar o excedente para outros fins.
Em razão das revelações, a Câmara alterou a forma como as cotas são repassadas aos parlamentares.
Atualmente, a Casa transfere aos deputados os valores de reembolso de todos os gastos oficiais, sem discriminação entre os serviços. Os gastos com passagens de cada deputado ficam disponíveis na página da Câmara.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Agências bancárias e dos Correios são eaxplodidas em cidades da PB


Duas agências bancárias e dos Correios foram alvo de explosões nos municípios de Belém e Malta, no Agreste e Sertão da Paraíba, respectivamente, na madrugada deste sábado (29).

De acordo com informações da 3ª Companhia de Polícia Militar, em Belém, os homens chegaram a atirar contra a sede da companhia, para intimidar os policiais. Como o número de assaltantes era muito grande, de acordo com a PM, não houve reação.

Eles explodiram uma agência de um banco particular e uma agência dos Correios. Em seguida, fugiram deixando grampos na estrada para evitar serem seguidos.


Em Malta, a ação também aconteceu contra uma agência de um banco particular e outra dos Correios. Porém, segundo a Polícia Militar, os quatro criminosos não levaram nada.

Fonte: G1
Leia Mais ››