RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

segunda-feira, maio 08, 2017

Enem 2017 recebeu em média 700 inscrições por minuto nas primeiras sete horas

Enem 2017 recebeu em média 700 inscrições por minuto nas primeiras sete horas

Em sete horas, a edição de 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) recebeu mais de 300 mil inscrições, o que represente uma média de 716 inscrições por minuto. Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o prazo para participar começou às 8h desta segunda (8). Às 15h, o sistema havia registrado 300.732 inscrições. Os candidatos devem se inscrever até as 23h59 do dia 19 de maio. As provas serão realizadas em dois domingos, dias 5 e 12 de novembro.
Neste ano, a taxa subiu para R$ 82 e o boleto precisa ser pago até 24 de maio.
Para fazer a inscrição, você precisar saber:
qual o endereço de acesso
quais os documentos necessários
como definir sua senha
como pedir atendimento especializado
como e quem pode solicitar a isenção
O processo de inscrição está distribuído em seis seções no site do Enem: "Dados pessoais", "Recursos", "Prova", "Ensino Médio", "Escola" e "Questionário".

Fonte: G1
Leia Mais ››

Juiz suspende prazo para que Eike Batista pague fiança de R$ 52 milhões


O juiz Marcelo Bretas suspendeu nesta segunda-feira (8) o prazo para que o empresário Eike Batista pague a fiança de R$ 52 milhões e continue com o direito de permanecer em prisão domiciliar. O prazo dado pelo magistrado terminaria nesta terça-feira (9).
O adiamento atendeu um pedido da defesa do empresário. Os advogados de Eike Batista alegaram que todos os bens do empresário, no valor de R$ 240 milhões, estão bloqueados em outro processo, que tramita na 3ª Vara Federal Criminal do Rio.
O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal mandou ofício à 3ª Vara, questionando se existem bens de Eike bloqueados. A resposta ainda não foi encaminhada e, por isso, o magistrado decidiu suspender o prazo para o pagamento de R$ 52 milhões de fiança.
A determinação de pagamento de fiança foi feita na terça-feira (2) como uma medida cautelar adicional à decisão do juiz federal Gustavo Arruda Macedo, que mandou o empresário para a prisão domiciliar no final do mês passado.
A decisão é de que Eike deverá cumprir nove medidas cautelares como a vistoria da Polícia Federal em casa sem aviso prévio, afastamento das empresas e entrega do passaporte. Desde o dia 30 de abril o empresário deixou o presídio em Bangu e cumpre prisão em casa, no Jardim Botânico.
A Justiça atendeu determinação da liminar do Supremo Tribunal Federal. Na sexta-feira (28), o ministro do Supremo Gilmar Mendes concedeu habeas corpus a Eike Batista e determinou a análise de medidas cautelares.
O empresário estava preso desde janeiro, acusado de pagar propina ao ex-governador do Rio Sérgio Cabral em troca de contratos com o estado.

Fonte: G1
Leia Mais ››

França e Brasil trocam informações em investigação de propina para a Rio-2016


Um grupo de procuradores franceses se reuniu na manhã desta segunda-feira (8) com procuradores brasileiros para trocarem informações em uma investigação conjunta sobre suposta compra de votos para a escolha do Rio de Janeiro como sede dos Jogos Olímpicos em 2016.
Após a reunião, o representante do Ministério Público Financeiro da França, procurador Jean-Yves Lourgouilloux, disse que a parceria visa a troca de informações com investigadores brasileiros para saber se alguém no Brasil poderia estar interessado em pagar para trazer a Olimpíada para o país.
A investigação na França já verificou o pagamento de ao menos US$ 2 milhões (cerca de R$ 6,4 milhões, na cotação atual) dias antes da escolha do Rio como sede, em 2009, para membros do Comitê Olímpico Internacional (COI).
Segundo o francês, o valor pode ser maior e a propina pode ter viabilizado a compra em bloco de votos de alguns continentes, que votam juntos na escolha. Ele evitou dar mais detalhes, já que a investigação corre em sigilo.
Pelo lado brasileiro, o coordenador da cooperação internacional da Procuradoria Geral da República (PGR), Vladimir Aras, confirmou reuniões de trabalho para troca de dados de inteligência e aprofundamento das investigações, e disse que elas estão concentradas no Rio e em Brasília.
“Há uma intensa cooperação com a França em função da proximidade geográfica e territorial inclusive com a Guiana Francesa”, disse Aras, sem dar mais detalhes.
Nesta terça, procuradores brasileiros responsáveis pelo caso vão se reunir com seus pares franceses para mais trocas de informações.
Empresário brasileiro
Em março, o jornal francês "Le Monde" revelou que um empresário brasileiro pagou US$ 1,5 milhão ao filho do ex-presidente da Federação Internacional de Atletismo, três dias antes da votação para escolha da sede da Olimpíada de 2016.
De acordo com a publicação, o pagamento foi feito por Arthur Cesar Menezes Soares Filho, que é ligado ao ex-governador Sérgio Cabral, a Papa Diack, filho do senegalês Lamine Diack. Lamine era membro do Comitê Olímpico Internacional (COI) e foi um dos que votaram no Rio como sede dos Jogos de 2016.
Arthur era dono da Facility, grupo de empresas que presta serviços ao governo e à prefeitura do Rio em diversas áreas, como saúde, limpeza, alimentação e até no Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran). No início de fevereiro, ele prestou depoimento ao Ministério Público Federal do Rio.
Para os procuradores, ele pode ter envolvimento no esquema de corrupção chefiado pelo ex-governador Sérgio Cabral. Arthur negou que tenha pagado qualquer vantagem indevida para que suas empresas fossem contratadas pelo governo.
Ainda segundo o jornal "Le Monde", o pagamento ao filho de Diack teria sido feito através da empresa de Arthur César, com sede nas Ilhas Virgens britânicas, a Matlock Capital Group.
O jornal afirma também que um segundo depósito, de US$ 500 mil, teria sido feito numa conta na Rússia do filho de Diack. Pai e filho são investigados na França.
A defesa de Arthur César de Menezes Soares Filho diz que seu cliente desconhece o assunto e que jamais teve qualquer notícia sobre o fato divulgado pelo jornal francês.
Ainda em março, o Comitê Olímpico Internacional (COI) divulgou uma nota à imprensa em que afirma que está colaborando com as investigações na França e já afastou Lamine Diack das funções em novembro de 2015.
Após perder por duas tentativas a sede (para Atenas, em 2004, e Londres, em 2012), o Rio venceu, em 2009, a escolha para os Jogos de 2016. A diferença de 29 votos contra Madri foi apenas no terceiro turno da eleição, realizada na Dinamarca.
No primeiro turno, o Rio ficou em segundo, atrás da capital espanhola (28 votos). Após a eliminação de Chicago, o Rio teve 46 votos, contra 29 de Madri e 20 de Tóquio.
Submarinos
Além da investigação sobre a Olimpíada, os procuradores franceses também vieram buscar informações sobre o acordo celebrado entre França e Brasil em 2009 para construção de quatro submarinos convencionais e um submarino nuclear.
A parceria foi fechada em 2009 entre os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Nicolas Sarkozy e envolvem a empresa francesa DCNS – responsável pela transferência de tecnologia – a construtora Odebrecht, a quem coube a construção de um estaleiro em Itaguaí.
No Brasil, uma investigação foi aberta no Ministério Público do Distrito Federal em 2015 para apurar por que a Odebrecht foi contratada sem licitação. A suspeita é que houve um acerto prévio para beneficiar a empreiteira brasileira, além de superfaturamento no preço.
O dinheiro usado para o empreendimento partiu do Ministério da Marinha e a investigação no Brasil corre em segredo de Justiça. Por enquanto, os procuradores apuram internamente os fatos envolvendo o negócio e não chegaram a pedir à Justiça investigação sobre as pessoas supostamente envolvidas.
No ano passado, investigadores do MPF visitaram o estaleiro em Itaguaí. Segundo as previsões, o primeiro submarino nuclear deve ficar pronto no meio de 2018.
O projeto para que o Brasil entre no seleto clube de cinco países que montam submarinos nucleares remonta à década de 70. O programa em andamento junto com a França já consumiu R$ 14 bilhões e a previsão é que chegue aos R$ 31 bilhões.
Na delação premiada da Odebrecht, ex-executivos relataram pagamento de propina no negócio: até R$ 17 milhões para o PT, retirados de um crédito em nome do ex-ministro Antonio Palocci; e 40 milhões de euros (R$ 139,5 milhões, na cotação atual) para o lobista José Amaro Ramos, que ficaria responsável por distribuir o dinheiro a outros participantes do esquema; e também para o ex-presidente da Eletronuclear Othon Luiz da Silva Pinheiro.
Os delatores disseram que não houve propina para oficiais da Marinha no caso. No mês passado, quando os depoimentos vieram à tona, as defesas de Amaro Ramos e Othon Luiz da Silva Pinheiro disseram que eles foram pagos por serviços de consultoria e conhecimento científico, respectivamente. O PT não quis se posicionar sobre o assunto.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Empresários, pipeiros e agricultores furtavam água no Agreste, diz Polícia Civil

Polícia informou que duas adutoras foram usadas no furto (Foto: Joalline Nascimento/G1)

A Polícia Civil divulgou na manhã desta segunda-feira (8) os detalhes da Operação Igarapé, realizada em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, para conter o furto de água na Barragem do Rio da Prata, que fica em Bonito. Ação foi deflagrada na sexta (5).
Segundo a Polícia Civil, foram cumpridos 18 mandados de prisão e busca e apreensão que resultaram na prisão de 10 pessoas, apreensão de armas e aproximadamente R$ 2 mil em dinheiro. Os suspeitos serão indiciados por furto qualificado, crime ambiental, associação criminosa, posse de armas e munições. Empresários, agricultores, caseiros e pipeiros estão na lista dos envolvidos.
De acordo com informações do chefe da Polícia Civil em Pernambuco, Joselito Amaral, as investigações foram iniciadas em novembro de 2016. O esquema era comandado por três empresários, que tinham chácaras no distrito de Terra Vermelha, na zona rural de Caruaru.
"Além de ser um crime, a situação afeta a mais de 500 mil pessoas que estavam precisando de água na região Agreste. Sem falar na falta de humanidade, devido à seca, um crime danoso a comunidade", diz.
Ele destacou ainda que um dos pipeiros envolvidos no furto de água, pagou fiança e voltou a praticar o crime. "Tínhamos pelo menos 18 pontos de furto de água. Dois alvos ainda estão foragidos e temos a certeza que em breve a situação será resolvida. Um dos alvos da operação foi preso novamente, já que foi solto e voltou a vender água de forma irregular", disse.
Segundo o diretor regional da Companhia Pernambucana de Saneamento, Marconi Azevedo, o furto de água era feito a partir das adutoras do Prata e Camevô, que são usadas para atender a várias cidades do Agreste de Pernambuco.
O diretor informou que a estatal vai buscar na justiça que os envolvidos paguem os valores, estimados entre R$ 300 mil e R$ 500 mil, e que após a descoberta do caso, a vazão de água foi contida. "Essa água foi perdida. Vamos tentar recuperar o valor de quem furtou com o nosso jurídico. Já percebemos nesse fim de semana que houve uma melhora sensível no abastecimento de água em Caruaru", disse.

O delegado responsável pelas investigações, Luiz Bernardo, disse que armas eram usadas para tentar intimidar os servidores da Compesa, para evitar que eles denunciassem o esquema e contou detalhes de como funcionava.
"Os empresários danificavam a adutora para que a água fosse para os reservatórios deles. Uma maneira profissional usada para furtar a água, com canos. As Investigações começaram por causa do fluxo de caminhões pipa em Terra Vermelha", disse.

Água furtada era vendida por suspeitos, segundo a PM (Foto: Assessoria/Divulgação )
Água furtada era vendida por suspeitos, segundo a PM (Foto: Assessoria/Divulgação )

Fonte: G1
Leia Mais ››

Sargento da PM é preso por hastear bandeira do Flamengo em Batalhão no Rio


Um sargento da Polícia Militar que trabalha no 19º Batalhão (Copacabana) se empolgou na celebração do título do Flamengo no Campeonato Carioca. Ele hasteou a bandeira rubro-negra no lugar da bandeira do Estado do Rio de Janeiro.
A bandeira ficou na entrada da unidade, na Rua Siqueira Campos. O sargento, que não teve o nome divulgado, foi preso administrativamente, por infringir uma norma do regulamento da corporação.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Polícia apura se detentos ordenaram ataques que incendiaram veículos em Jataí, GO

 Polícia apura se detentos ordenaram ataques que incendiaram veículos em Jataí (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

A Polícia Civil investiga se detentos da Unidade Prisional de Jataí, no sudoeste de Goiás, ordenaram a série de ataques para incendiar veículos na cidade. A motivação seria uma transferência de presos da cadeia, além de uma atuação mais firme da direção do presídio. Segundo o Corpo de Bombeiros, em duas madrugadas, foi ateado fogo em nove veículos. Três menores foram apreendidos e um homem, preso.
"A suspeita é que tudo aconteceu por conta de uma postura mais rigorosa da direção do presídio em ter uma revista mais detalhada e a proibição de materiais ilícitos. Com isso, eles ficaram descontentes. Tem também a questão de uma transferência de alguns presos para uma unidade em Aparecida de Goiânia, que os deixaram irritados", disse ao G1 o delegado regional de Jataí, Marcos Guerini.
Os ataques começaram na madrugada de domingo (7). Na ocasião, os bombeiros foram acionados para atender incêndios em seis veículos em quatro bairros diferentes.
Já na madrugada desta segunda-feira (8), os ataques foram a mais três veículos, que estavam estacionados no pátio da prefeitura.
Um homem foi preso e três menores, apreendidos, suspeitos de participação nos atos. Na casa de um adolescente, foi encontrado um galão com gasolina e cinco explosivos conhecidos como coquetel molotov já prontos para uso.

Na madrugada desta segunda, mais três veículos foram incendiados (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Na madrugada desta segunda, mais três veículos foram incendiados (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Uma reunião ocorre na nesta manhã, em Jataí, para discutir ações contra os ataques. Além da Polícia Civil, participam do encontro, o secretário de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, e o comandante-geral da PM-GO, coronel Divino Alves.
População assustada
Os ataques deixaram a população da cidade bastante assustada. O pintor Lázaro Weiner de Lima presenciou quando um dos veículos foi incendiado. "Por volta de 4h, escutei um barulho, sai aqui e o fogo estava a uma altura grande. Foi uma correria danada”, afirma.
Já a aposentada Maria Abadia Ferreira definiu com poucas palavras o sentimento de medo que sofreu. "Foi uma noite de terror, horroroso mesmo".
A pior situação, no entanto, foi a da motorista Maria Luísa dos Santos. Ela é dona de um caminhão que foi incendiado, o qual terminou de pagar este mês. "É doído, porque eu lutei com o meu marido a vida inteira. Meu sonho e o cara de um dia para o outro fazer uma coisa dessa. É muito triste”, lamentou.

Um homem foi preso e três menores, apreendidos, suspeitos dos atos (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
Um homem foi preso e três menores, apreendidos, suspeitos dos atos (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Pesquisadores anunciam ter eliminado HIV em animais com técnica de edição de DNA

 Ilustração mostra atividade da CRISPR alterando a sequencia genética de molécula de DNA (Foto: S. Dixon/F. Zhang/Divulgação)

Uma equipe de pesquisadores da Universidade Temple, na Filadélfia, anunciou que conseguiu reeditar os genes do HIV presentes em animais vivos infectados. Essa reformulação do DNA evita que o vírus continue a se replicar e elimina a doença. A pesquisa foi publicada na revista "Molecular Therapy".
Essa técnica de edição de DNA é recente, mais divulgada durante o ano de 2016, e é uma das maiores promessas para combate às doenças. O Crispr, como é chamada, é uma ferramenta usada pelas bactérias quando são atacadas pelos vírus: elas reescrevem os genes inseridos pelos "inimigos", o que chamou a atenção dos pesquisadores.
Usar o Crispr para curar o HIV é uma das principais metas de pesquisadores. Neste estudo, os cientistas Wenhui Hu, Kamel Khalili, Laura H. Carnell e Won-Bin Young ampliaram os resultados obtidos em 2016, em artigo publicado pela revista "Nature" (leia em inglês). No ano passado, eles conseguiram eliminar fragmentos do HIV do genoma da maioria dos tecidos dos animais do experimento, também com a ajuda do Crispr.
"Nosso novo estudo é mais abrangente", disse Hu. "Confirmamos os resultados do nosso trabalho anterior e melhoramos a eficiência da nossa estratégia de edição de genes. Nós também demonstramos como é eficaz a estratégia em dois modelos de ratos diferentes e adicionais, um com uma infecção aguda nas próprias células e outro representando a infecção latente em células humanas".
Desta vez, neste novo artigo, a equipe conseguiu inativar o HIV geneticamente em camundongos, reduzindo a expressão do RNA viral em cerca de 60 a 90%, confirmando a descoberta anterior. Em seguida, eles conseguiram usar o Crispr em roedores infectados com um tipo de HIV equivalente ao humano. Os cientistas também usaram o Crispr em um terceiro modelo de células infectadas, com enxerto em nas células T, ou linfócitos T, tipo importante para a defesa do seres humanos.

"Durante a infecção aguda, o HIV se replica ativamente", disse Khalili. "Com os camundongos com EcoHIV (similar ao humano), nós pudemos investigar a capacidade estratégica do Crispr em bloquear a replicação do vírus e potencialmente prevenir um sistema de infecção. A eficiência da edição chegou a 96%. De acordo com os pesquisadores, é a primeira evidência para erradicação do HIV.

Fonte: G1
Leia Mais ››

TCU apura se ex-prefeito de Assu aplicou regularmente verba contra enchente


O Tribunal de Contas da União abriu apuração para investigar a aplicação de recursos de um convênio firmado entre o município de Assu e o governo federal, em 2009, para ações de combate à enchente que atingiu a cidade naquele ano.

De acordo com o Termo de Cooperação nº 042, o Ministério da Integração e Assu pactuaram R$ 10.055.803,83 para obras de recuperação de estradas, vias urbanas, drenagem superficial e construção de unidades habitacionais.

De acordo com o portal da transparência do governo federal foram liberados R$ 8.263.354,60 para execução de obras, que agora tem a execução monitorada pelo Tribunal de Contas em caráter sigiloso.

No fim de semana, um documento dessa investigação vazou para a imprensa. Nele, um relatório da Controladoria Geral da União pede a inscrição, na Fazenda Nacional, de um débito de mais de R$ 11 milhões em nome do então gestor de Assu que executou as obras, Ivan Júnior, atual secretário estadual de Recursos Hídricos.

Em razão do caráter sigiloso da apuração que o TCU determinou, o que aconteceu no fim de 2014, é inconclusivo saber exatamente quais são as acusações.

Outro lado

O ex-prefeito de Assu, Ivan Júnior, explicou que apuração do TCU trata de uma divergência de entendimento que, segundo ele, espera que seja esclarecido.

De acordo com seu relato, após o município ter aplicado a verba, com a construção de casas, recuperação de vias e outras intervenções, o Ministério da Integração Nacional concluiu que as obras, que deveriam ser corretivas sobre os efeitos da enchente, acabaram sendo preventivas, concluindo por desvio de finalidade da aplicação do dinheiro.

“Desde então passamos a ter uma briga administrativa e pedimos a análise de outro órgão, que no caso é o Tribunal de Contas da União”, explicou.

Fonte: Portal Noar
Leia Mais ››

Votos contra a reforma caem para 230 e a favor sobem para 88, mostra placar


A atualização do Placar da Previdência, levantamento realizado pelo Grupo Estado depois da aprovação do texto-base na comissão especial da Câmara, mostra que o número de parlamentares contrários à reforma caiu para 230, enquanto os que são a favor subiram para 88.

Grande parte dos deputados ouvidos disse que não declara voto antes da hora por ter esperança de uma possível mudança do texto-base no plenário da Casa.

Até 16h10 desta segunda-feira, 8, havia 55 indecisos, 137 não quiseram responder, 2 não foram encontrados e 1 deputado não vota. São necessários 308 votos para aprovar a reforma.

O Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, e o jornal O Estado de S. Paulo vão publicar atualizações do placar até a votação final da proposta.

Fonte: Estadão
Leia Mais ››

MPRN desconsidera cancelar concurso suspeito de fraude


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) se pronunciou, através de nota, sobre as prisões de pessoas com pontos eletrônicos no ouvido durante concurso público da instituição, nesse domingo, 7.

O MPRN considera que não existe “qualquer motivo para o cancelamento da prova”. Ao todo, 19 prisões, no Rio Grande do Norte e na Paraíba, desarticularam uma quadrilha suspeita de fraudar cerca de 40 concursos em seis estados do Nordeste.

Veja nota na íntegra:

Com relação à prisão da quadrilha envolvida com a fraude em concurso público, o Ministério Público do Rio Grande do Norte ressalta que o bando tentou burlar o concurso realizado pela Instituição no domingo (7), mas a ação criminosa foi prontamente abortada pelos policiais civis da Paraíba, que estavam trabalhando na operação Gabarito.

O MPRN ressalta que não houve qualquer prejuízo ao processo seletivo, inexistindo qualquer motivo para o cancelamento da prova.

Fonte: Portal Noar
Leia Mais ››

Semana do MEI terá atividades gratuitas em 103 cidades potiguares


O Sebrae no Rio Grande do Norte promove, a partir desta segunda-feira (8), um verdadeiro mutirão em prol da capacitação e orientação de profissionais que trabalham por conta própria. A nona edição da Semana do Microempreendedor Individual (MEI) vai envolver 103 municípios potiguares com palestras, cursos, workshops, oficinas e orientações gratuitas para esse público, além de formalizações para quem busca abrir um negócio. São mais de 2,3 mil vagas de capacitação e a expectativa é atender cerca de 8 mil potiguares com  essa mobilização, que acontece simultaneamente em todo o Brasil até o dia 13.

A ação já se justifica porque esse público representa mais de 60% das empresas optantes pelo Simples Nacional no estado. Isso equivale um quantitativo superior a 92 mil negócios somente no Rio Grande do Norte. De acordo com a coordenadora estadual da campanha, Ruth Suzana Maia, a proposta do Sebrae é reunir esforços para auxiliar empreendedores, criando uma rede de apoio gratuito a quem está enquadrado nessa categoria para que o MEI avance mais na gestão do negócio e na busca por conhecimento para inovar e aumentar a competitividade no mercado.

Serão oferecidas palestras, oficinas e várias capacitações com especialistas em pequenos negócios, em que serão abordados temas como plano de negócio, compras governamentais, inovação, sustentabilidade, entre outros. Para saber a programação completa para cada dia, clique aqui.

Em paralelo à Semana do MEI, a Semana de Educação Financeira, iniciativa anual do Comitê Nacional de Educação Financeira (Conef) para promover a Estratégia Nacional de Educação Financeira (Enef), vai realizar ações presenciais, como renegociação de dívidas, e virtuais sobre educação financeira e empreendedora para jovens e adultos. No Rio Grande do Norte, será realizado Encontro de Educação Financeira, que será composto de duas palestras ‘Finanças Pessoais’ e ‘Controles Financeiros’, ambas ministradas em Natal no dia 12 na sede do Sebrae, às 19h, e na Praça Gentil Ferreira, às 9h. No interior, essa temática estará distribuída ao longo da programação de cada cidade. Também haverá atividades de orientação financeira, incentivando a adimplência do MEI e a renegociação de dívidas.

Onde haverá programação

Em Natal, os atendimentos ocorrem na sede da Instituição,na praça Gentil Ferreira, na unidade da Universidade Potiguar (UnP) da Zona Norte e nas lojas do Assaí Atacadista da BR-101 e da Zona Norte. Na região Oeste, as ações estão distribuídas nas cidades de Areia Branca, Ponta do Mel, Baraúna, Governador Dix-Sept Rosado, Grossos, Serra do Mel, Tibau e Upanema. Em Mossoró, os atendimentos ocorrem simultaneamente no Escritório Regional do Sebrae no Oeste e nas tendas montadas na Praça da Independência.

No Médio Oeste, a Semana do MEI terá atividade em Apodi, Severiano Melo, Caraúbas, Patu, Campo Grande, Felipe Guerra, Rodolfo Fernandes, Messias Targino, Tabuleiro Grande e Olho D´Água do Borges. Já no Seridó, as ações serão realizadas em Timbaúba dos Batistas, Parelhas, Caicó, Jucurutu, Currais Novos, Cerro Corá, Lagoa Nova, Florania, Campo Redondo, São Vicente e Santana do Matos.

Cidades do Mato Grande também estarão envolvidas na programação da Semana do MEI. É o caso de João Câmara, Ceará-Mirim, Touros, São Miguel do Gostoso, Galinhos, Poço Branco, Ielmo Marinho, Jandaíra, Parazinho, Pureza, Rio do Fogo, Maxaraguape, São Bento e Caiçara do Norte.

No Alto Oeste, haverá programação em Pau dos Ferros, Major Sales, Riacho de Santana, Encanto, São Miguel, Paraná, Alexandria, Umarizal, Riacho da Cruz, Lucrecia, Portalegre, Frutuoso Gomes e Martins. O mesmo ocorre no Agreste, onde o Sebrae vai mobilizar empreendedores em Nova Cruz, Brejinho, Montanhas, Espírito Santo, Pedro Velho, Canguaretama, Passa e Fica, Várzea, Serra de São Bento e Monte das Gameleiras.

No Trairi, Santa Cruz, Japi, Tangará, Bom Jesus, Barcelona, Caiçara do Rio dos Ventos e Santa Maria também vão receber programação da Semana do MEI. Já no Vale do Açu as ações estão concentradas nas cidades de Assú, Afonso Bezerra, Pedro Avelino, Lajes, Angicos, Itaja, Pendências, Fernando Pedroza, Ipanguaçu, Macau, Porto do Mangue, Guamaré, Baixa do Meio, Carnaubais e Alto do Rodrigues.

Fonte: Agência SEBRAE
Leia Mais ››

Desemprego é maior entre jovens de 14 a 24 anos, diz Ipea


Moradores da região Norte, pessoas com nível intermediário de educação (que já completaram o ensino fundamental, mas ainda não o médio) e os jovens foram os que mais perderam emprego no país, em 2016, segundo a 62ª edição do Boletim Mercado de Trabalho, divulgado hoje (5) pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

O documento mostra que, entre os jovens de 14 a 24 anos, o valor médio das taxas de desemprego trimestrais subiu de 20%, em 2015, para 27,2%, em 2016. Entre os adultos de 25 a 59 anos e os mais idosos, acima de 60 anos, também houve elevação no valor médio das taxas de desemprego trimestrais para o ano de 2016.

Para os adultos, a variação das taxas de desemprego, entre 2016 e 2015, foi de 2,2 pontos percentuais, fechando o último trimestre de 2016 com a taxa em 9,1%. Para a população mais idosa, a variação foi de 1,1 ponto percentual, chegando a 3,4%.

No recorte por regiões, o Nordeste apresentou as maiores taxas de desemprego em 2016, chegando a 14,4% no último trimestre.

Com relação à escolaridade, a evolução mais significativa foi registrada entre estudantes com ensino fundamental completo e médio incompleto, com um crescimento de 4,7 pontos percentuais na taxa de desemprego entre o quarto trimestre de 2016 e o mesmo período de 2015, quando a taxa passou de 12,2% para 16,9%.

Os trabalhadores por conta própria mantiveram uma trajetória de crescimento, com variação de 1,25% na média de 2016 em relação a 2015.

Os demais grupos registraram queda nos respectivos níveis de ocupação, com exceção dos militares/estatutários, que cresceram 0,65% no período analisado. Os trabalhadores com carteira e sem carteira assinada apresentaram queda de 3,72% e 0,35%, respectivamente.

Cenário

Segundo o boletim, o “cenário de queda no nível de atividade, em 2016, liderou o comportamento do mercado de trabalho, que teve piora nos indicadores de ocupação e desemprego”.

Por outro lado, a informalidade e o rendimento do trabalho apresentaram uma evolução “um pouco menos preocupante, sinalizando que o processo de deterioração desses indicadores estaria perdendo fôlego”, segundo o boletim.

O documento foi elaborado para avaliar o comportamento do mercado de trabalho brasileiro em 2016, com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), considerando o desempenho nos últimos anos.

O instituto leva em conta ainda as informações da pesquisa do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho.

O valor médio das taxas de desemprego trimestrais, em 2016, foi de 11,51%, enquanto que, em 2015, a taxa foi de 8,52%. “O contexto continuou sendo de queda no nível de atividade e de inflação elevada. Este cenário ditou o tom do comportamento do mercado de trabalho naquele ano, que registrou uma piora sensível nos seus principais indicadores, com destaque para um aumento pronunciado da taxa de desemprego”, informa o boletim.

Remuneração

O rendimento real do brasileiro registrou um valor médio de R$ 1.978 em 2016, queda de 2,5% comparado ao ano anterior. Os homens tiveram a dminuição de 3,3% entre os anos de 2015 e 2016, enquanto as mulheres tiveram perda de 1% no rendimento, no mesmo período.

Os mais jovens (14 a 24 anos) apresentaram a maior queda (de 3,6%) no rendimento médio real no ano 2016 em relação ao ano anterior. Os adultos e os mais velhos também registraram queda no ano anterio, de 3,0% e 2,9%, respectivamente, em relação à média do ano de 2015.

O boletim aponta que a informalidade registrou taxas semelhantes em 2016 e 2015, sem apresentar uma tendência de aumento ao longo de 2016.

Reversão de cenário

O boletim indica que os primeiros meses de 2017 apontam para a reversão desse cenário e tem “encorajado os analistas a projetarem para esse ano o fim do quadro recessivo no nível de atividade e inflação em queda”. Segundo o Ipea, caso os prognósticos sejam confirmados, é possível que o mercado de trabalho tenha tenha recuperação ainda este ano.

Fonte: Portal Noar
Leia Mais ››

Emparn prevê chuvas para os próximos dias


Com a instabilidade oceânica do leste e a atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), a Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), está prevendo mais chuvas em quase todo o Rio Grande do Norte, pelo menos até a próxima quinta-feira (11). As ocorrências estarão concentradas, principalmente, nas regiões Agreste e Leste, por ser um período típico de chuvas que se prolonga até julho. Ao todo, foram 50 pluviômetros com registros de chuvas.

Da manhã de sexta-feira (5) até a manhã desta segunda-feira (8), foram registradas boas chuvas em vários municípios. O boletim pluviométrico apurou que as precipitações mais fortes caíram nos municípios de Senador Georgino Avelino, 109,6 milímetros(mm); Extremoz, 104,7mm; Parnamirim (Base Física da EMPARN),  82,0mm  e Natal, 75,2mm.

Choveu ainda no Oeste em Apodi, 23,0 mm; Serrinha dos Pintos, 10mm; Janduís, 3,8mm e também nos municípios de São Francisco do Oeste, Assu, Severiano Melo, Jucurutu, São Rafael, Campo Grande, Olho D’Agua dos Borges e Felipe Guerra. No Seridó, choveu em Carnaúba dos Dantas, 32,7mm; São Vicente, 23,5mm; Caicó (Açude Mundo Novo-EMPARN), 12,0mm; Florânia, 10,5mm e ainda em São Fernando.

No Agreste e no Leste, choveu em Boa Saúde, 39,2mm; Santo Antonio, 22,8mm; Nova Cruz, 18,0mm, Rui Barbosa, 15,9mm; Santa Maria, 15,0mm e São Pedro, 13,5mm. Choveu ainda em Bento Fernandes, São Tomé, Bom Jesus, Tangará, Taipu, Ceará- Mirim, Canguaretama, Espírito Santo, São José de Mipibu, Maxaranguape, São Gonçalo do Amarante Goianinha e Montanhas.

Fonte: Portal Noar
Leia Mais ››

À espera de Lula, Justiça proíbe barracas do MST e demais movimentos em Curitiba


A Justiça do Paraná proibiu circulação e acampamentos no entorno da sede da Justiça Federal em Curitiba, onde ocorrerá nesta quarta-feira, 10, o primeiro depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato.

A prefeitura de Curitiba ajuizou uma ação na 5ª Vara da Fazenda Pública contra o “Movimento dos Sem Terra (MST), demais movimentos e indivíduos” que possam acampar em praças e vias públicas da capital paranaense. O pedido liminar foi deferido contra “a passagem de pedestres e veículos” em área delimitada, com multa prevista de até R$ 100 mil.

Como antecipou a colunista do jornal O Estado de S. Paulo Vera Magalhães, pedestres e veículos também estão proibidos de circular em áreas próximas ao fórum da Justiça Federal, desde esta segunda-feira, 8, até a noite de quarta-feira. Um dos argumentos do município é que há notícias de que o MST requereu local para montar estrutura e acampamento, sob pena de ocupar as ruas e praças da capital paranaense. Segundo escreveu a juíza Diele Denardin Zydek em sua decisão liminar de sexta-feira, 5, “o direito de manifestação não se confunde com a possibilidade de ocupação de bens públicos ou particulares.”

A decisão de Diele determina multa de R$ 100 mil para os pedestres e veículos que ultrapassarem uma região delimitada previamente, e R$ 50 mil para veículos não cadastrados que ultrapassarem outra delimitação. A montagem de estruturas ou acampamentos em ruas e praças da cidade também será penalizada com multa diária de R$ 50 mil.

“Os direitos fundamentais consistentes na liberdade de pensamento e de reunião/pensamento não podem se sobrepor ao direito de locomoção, ao direito á segurança e à propriedade”, escreveu a juíza. Segundo ela, deve-se “ponderar a primazia do interesse público envolvido”.

Na decisão, a juíza relata que, na análise dos documentos apresentados pela Prefeitura, são esperadas aproximadamente 50 mil pessoas na cidade, assim como informou o jornal neste sábado, 6.

A magistrada argumentou que esse fato, por si só, já exigiria a necessidade de planejamento da Polícia “a fim de evitar invasão de bens públicos e privados, o tumulto e confronto entre os manifestantes, além de garantir o acesso à Justiça Federal apenas das pessoas autorizadas para a realização do ato judicial, dos moradores às suas residências e da imprensa previamente cadastrada”, escreveu na decisão.

Ainda segundo Diele, “as alegações do autor, fundamentadas pelas informações levantadas pela Polícia Militar, denotam o justo receio de que a posse dos bens localizados no entorno da sede da Justiça Federal seja molestada devido ao grande número de pessoas esperadas na data designada para audiência”.

Diele determinou a citação dos réus no prazo de 15 dias para que possam contestar a ação. Na decisão, ela ainda acionou o Ministério Público Estadual e intimou o procurador do município.

Fonte: Estadão
Leia Mais ››

Corpo de Bombeiros do RN reforça alerta para prevenção de afogamentos de criança


O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN), em parceria com Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA), por meio da campanha “Piscina + Segura”, reforça o alerta para a prevenção de afogamentos, em especial o de crianças. Neste final de semana, uma criança se afogou em uma piscina em um condomínio localizado em Natal. A criança foi socorrida e passa bem.

A ideia da Campanha é que, com cinco medidas simples, os índice de afogamento em piscinas possam ser reduzidos. No Brasil, o afogamento é a segunda causa de morte em crianças de um a nove anos de idade e a terceira entre 10 e 19 anos. A Campanha Piscina Mais Segura foi criada com o objetivo de aumentar a segurança em piscinas e assim reduzir o número óbitos e incidentes, uma vez que elas são responsáveis por 53% de todos os casos de óbitos por afogamento na faixa de um a nove anos de idade.

O capitão Natanael Avelino, comandante do Grupamento de Busca e Salvamento, explica que a Campanha + Segura pretende conscientizar os pais sobre a necessidade de garantir a segurança dos filhos em piscinas públicas e residenciais. “As piscinas são a segunda causa de morte entre crianças de 1 a 9 anos no Brasil. É como se, a cada quatro dias, uma criança morresse afogada. No verão, o intervalo cai para dois dias. O objetivo é vacinar as piscinas contra o afogamento”, alerta o capitão Avelino.

Segundo ele, o número de afogamentos é mais alto nas praias, mas não se pode subestimar os riscos nas piscinas. “Na praia, as pessoas tomam muito mais cuidado com os filhos. E os guarda-vidas são qualificados, o que não acontece em todas as piscinas. Com cinco medidas simples, pode-se evitar 95% dos afogamentos”, garante. O afogamento em piscinas ocorre, na maioria das vezes, de forma inesperada, sempre em situações de lazer e pouquíssimos cogitam a sua possibilidade trágica.

No Rio Grande do Norte, ainda não há piscina que possua a certificação de “Piscina + Segura”. “Não existe legislação que obrigue a certificação dessas piscinas, mas são medidas simples que podem salvar vidas”. Após atender os cinco passos, o proprietário da piscina pode solicitar uma vistoria do Corpo de Bombeiros Militar e de representantes da Sobrasa que forneceram o Selo Piscina + Segura. “Essa é uma ação que será reforçada agora no veraneio, mas que deve ser permanente”.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa), quatro crianças até 14 anos morrem afogadas diariamente no Brasil. As estatísticas mostram que 65% dos afogamentos ocorrem ao redor do domicilio e 50% das crianças que morreram afogadas foram vistas minutos antes circulando dentro ou ao redor de casa. O Corpo de Bombeiros alerta a população para ter cuidado ao entrar em lagoas, cachoeiras, piscina e rio. “O cuidado com as crianças deve ser algo coletivo, a sociedade tem que ajudar a zelar pelos pequenos. Um minuto de distração pode provocar uma tragédia”.

A prevenção deve ser constante inclusive no caso de piscinas próprias para crianças. É um erro imaginar que é necessário um grande volume de água para que haja o afogamento. Uma quantidade pequena de água pode ser a causa de afogamento, pois geralmente ele acontece muito rápido e de forma silenciosa. Em caso de emergência, acione o Corpo de Bombeiros Militar pelo telefone 193.

Cinco passos para garantir a diversão

Atenção

Preste sempre atenção aos seus filhos na piscina e mantenha-os à distância de um braço, mesmo com a presença de um guarda-vidas.

Guarda-vidas

Cobre a presença permanente de um guarda-vidas em piscinas coletivas. Embora a profissão ainda não seja reconhecida, há requisitos mínimos que podem ser exigidos do profissional, como cursos de prevenção e socorro aquático.

Urgência ao agir

Aprenda como agir em emergências aquáticas. Se não souber nadar, não tente salvar a criança. O uso de cilindro de oxigênio é restrito ao guarda-vidas e deve estar em local visível e à disposição na área da piscina.

Acesso restrito

Restrinja a presença de crianças em piscinas residenciais com o uso de grades ou cercas, instaladas a uma altura que as impeça de entrarem na área sem estarem acompanhadas de um adulto.

Sucção controlada

Use ralos antissucção e meios de interrupção da bomba da piscina. Para clubes, hotéis e condomínios, a orientação da Sobrasa é adotar sempre ralos antiaprisionamento e um sistema de desligamento da bomba.

Alguns números sobre mortes em piscina

90% dos óbitos por afogamento ocorrem em água doce (piscinas, parques aquáticos, represas e rios)

53% dos afogamentos de crianças entre 1 e 9 anos ocorrem em piscinas

2º lugar é a posição que o afogamento em piscinas ocupa no ranking dos óbitos de crianças brasileiras entre 1 e 9 anos

95% dos casos poderiam ser evitados, segundo a Sobrasa, se os pais seguissem os cinco passos que a associação propõe.

Fonte: Portal Noar
Leia Mais ››

Doria e Luciano Huck são “o novo” na política, diz FHC


Ex-presidente da República e principal referência do PSDB, Fernando Henrique Cardoso considera que hoje “o novo” no cenário político nacional é representado pelo prefeito de São Paulo, João Doria, e o apresentador de TV Luciano Huck.

A análise foi feita em entrevista ao jornal Folha de São Paulo. Perguntado se João Doria seria uma incógnita por aparecer como uma espécie de tábua de salvação após a operação Lava Jato atingir duramente nomes fortes do PSDB, o ex-presidente fez a análise.

“O PSDB, ao contrário do que dizem, sempre teve muitos quadros. Sempre tivemos três, quatro possíveis candidatos. A questão é que o sistema político brasileiro não favorece a formação de líderes nacionais. Fora de campanhas, quem aparecia nacionalmente? O ex-­presidente, o presidente e um ou outro candidato a presidente. Quando alguém chamava atenção? Só os mais bizarros conseguiam. Isso agora mudou, está mudando. O Doria está fora [desse esquema anterior], o Luciano Huck está fora. Eles são o novo porque não estão sendo propelidos pelas forças de sempre. Temos de ver como isso se desenrola. Eu hoje acho cedo perguntar quem vai ser candidato. Temos de ver como o processo anda, como a sociedade está absorvendo todo o impacto da Lava Jato”, avaliou.

Apresentador da Globo, Luciano Huck já disse que está na hora de “sua geração” chegar ao poder, mas não confirma pretensões eleitorais e até aqui não está filiado a nenhuma agremiação. Ele já foi sondado pelo Partido Novo, sigla neófita em pleitos nacionais.

Fonte: Portal Noar
Leia Mais ››

50% dos homens e 30% das mulheres confessam traição em relacionamentos


A infidelidade conjugal é mais comum do que se imagina, embora ainda seja um tabu e um assunto nada agradável para quem já passou por essa experiência ou até mesmo para pessoas que temem passar por isso. A pesquisa Mosaico 2.0, feita no Brasil em 2016, revelou que 50% dos homens e 30% das mulheres admitem terem sido infiéis em seus relacionamentos amorosos.

Quanto às razões para a infidelidade, inúmeros estudos ao redor do mundo já analisaram os motivos pelos quais homens e mulheres traem. Entretanto, o fato é que trair é sempre uma questão de escolha e de valores. “Há pessoas que podem trair mesmo que sejam felizes em seus casamentos. E há pessoas que mesmo se sentindo infelizes, nunca irão fazê-lo”, afirma Denise Miranda de Figueiredo, terapeuta de casais e cofundadora do Instituto do Casal.

Afinal, o que é infidelidade?
“Há varias concepções para o que seja infidelidade que variam de acordo com a cultura ou regras conjugais pré-estabelecidas. Mas, na nossa cultura ocidental tendemos a significar a infidelidade como a violação de regras e limites acordados previamente em um relacionamento, podendo significar a ruptura de qualquer compromisso que tenhamos assumido livremente e que, por qualquer circunstância, foi quebrado”, explica Denise.

Para Marina Simas de Lima, psicóloga e especialista em terapia de casal, a traição é complexa e envolve diversos fatores. “A infidelidade pode se expressar de formas diferentes. “Trair não significa apenas manter uma relação sexual com outra pessoa que não o (a) nosso (a) parceiro (a). Estabelecer um vínculo emocional já pode ser considerado como uma traição para alguns casais, explica Marina.

Homens ainda traem mais que as mulheres?
A traição masculina ainda é mais frequente segundo as psicólogas. Entretanto, hoje a propensão feminina para a infidelidade é maior do que há alguns anos. “Mulheres e homens são muito parecidos, o que difere são as razões que levam a procurarem casos extraconjugais. Em geral, os homens têm a tendência de trair ao longo da vida. Já as mulheres tendem a trair depois que os filhos crescem, um pouco mais tardiamente. Mas isso não é uma regra, embora seja mais comum”, explica Marina.

Traição: sintoma de um casamento ruim?
Não há como negar que um casamento insatisfatório pode motivar a traição. “A falta de comunicação, atenção, afeto e sexo são fatores de risco para um caso extraconjugal. A monotonia, a rotina, o excesso de dedicação ao trabalho ou aos filhos podem minar o desejo sexual e afetar a conexão entre o casal. Por isso, sempre falamos da importância de investir na relação, de se dedicar, de encontrar tempo para conversar, fazer atividades juntos, namorar, etc.”, explicam as psicólogas.

É possível ser feliz depois de uma traição?
“Quando a traição acontece, ela é só um dos sintomas que indicam que é preciso repensar essa relação. Embora cada casal irá responder de forma diferente, não há uma fórmula mágica para resolver essa questão. Em alguns casos, a traição pode significar o fim da relação. Em outros, o casal poderá vivenciar a crise como uma oportunidade de mudança e renovação de suas necessidades”, explica Marina.

“Muitas vezes este casal precisará buscar ajuda de um terapeuta de casal para reescrever sua história, ajudar a ressignificar a infidelidade, mapear as necessidades atuais que não estão sendo preenchidas dentro do casamento e estabelecer como seguirão daqui para frente. Em nossa experiência clínica de mais de 20 anos, podemos afirmar que a maioria dos casais que vivencia uma traição e consegue ressignificá-la, olhando para ela como uma oportunidade de crescimento e mudança, consegue permanecer junto e redesenhar o casamento”, concluem Denise e Marina.

Fonte: Portal Noar
Leia Mais ››

RN tem 'Dia D' de vacinação contra a Influenza

Mutirão de vacinação acontece no próximo sábado (13) no RN (Foto: Reprodução/TV Diário)

Os postos de saúde do Rio Grande do Norte participam no próximo sábado (13) do 'dia D' de vacinação contra a influenza. No RN, 863.335 pessoas fazem parte do público a ser vacinado até o dia 26 de maio.
Neste ano a meta do Ministério da saúde é que seja vacinado pelo menos, 90% de cada um dos grupos prioritários para a vacinação, diferente dos anos anteriores em que a meta era de vacinar apenas 80% deste público.
A campanha começou dia 17 de maio e se estenderá até o dia 26 de maio. Até esta segunda-feira (8) no RN foram vacinadas 159.058 pessoas, o que corresponde a 22,40% do público alvo.
“Ainda precisamos vacinar uma média de 700 mil pessoas e por isso, solicitamos que todos que se encontrem dentro dos grupos prioritários procurem a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua casa. Lembramos que a vacina contra gripe além de segura é capaz de reduzir as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza”, explica a coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Katiucia Roseli.
Seguindo a recomendação da OMS, os grupos prioritários para a vacinação da Influenza são os indivíduos com 60 anos ou mais de idade, as crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os povos indígenas, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. Também serão incluídos para a vacinação, neste ano, os professores das escolas públicas e privadas que estejam atuando em sala de aula. Essa definição de grupos prioritários é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe. São priorizados os grupos mais suscetíveis ao agravamento de doenças respiratórias.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Grupo cobrava até R$ 150 mil por ‘kit completo’ de aprovação em concursos, diz polícia da PB

Suspeitos foram presos com ponto eletrônico durante prova do concurso do MPRN (Foto: Lucas Sá/DDF João Pessoa)

A quadrilha suspeita de fraudar pelo menos 40 concursos públicos em seis estados do Nordeste, desarticulada pela Polícia Civil da Paraíba no domingo (7), cobrava até R$ 150 mil para vender o "kit completo" de aprovação, informou o delegado de defraudações e falsificações de João Pessoa, Lucas Sá, nesta segunda-feira (8).
Os suspeitos fraudavam documentos para facilitar empréstimos para pagar a fraude, diplomas para ingresso no cargo e gabarito da prova. Segundo a polícia, 19 pessoas foram presas, entre elas dois irmãos em um condomínio de luxo, apontados como líderes do grupo e já aprovados em 29 concursos.
Segundo o delegado, para o esquema ser executado o grupo precisava que pelo menos dez candidatos do concurso comprassem o gabarito. “É cobrado, em média, o valor correspondente a 10 vezes o salário inicial do cargo pleiteado, de maneira que cada candidato interessado repassa a quantia de R$ 30 mil a R$ 150 mil para a organização criminosa”, explica Lucas Sá.
O delegado afirma que as fraudes começaram em 2005 e pelo menos 400 pessoas já foram beneficiadas com o esquema em concursos na Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte, Sergipe e Piauí. “Tomando como base o menor valor informado até o momento, podemos concluir que, no mínimo, a organização consegue obter a quantia de R$ 300 mil por concurso, acumulando ao menos R$ 12 milhões nos últimos 12 anos”, diz.
O esquema funcionava por meio de escutas e transmissões eletrônicas durante a aplicação das provas. Parte dos suspeitos ficavam na casa onde os líderes do grupo foram presos, em João Pessoa, e eram responsáveis por receber as informações das provas de outros integrantes do grupo que faziam as provas. “Eles repassavam as informações para os ‘professores’, que respondiam as questões e mandavam os gabaritos para os candidatos”, explica Lucas Sá.

Além dos suspeitos presos na capital paraibana, outros integrantes foram detidos no domingo no Rio Grande do Norte, durante a aplicação das provas do concurso público do Ministério Público do Rio Grande do Norte. De acordo com Lucas Sá, os suspeitos estavam com pontos eletrônicos no ouvido, que foram apreendidos durante a operação.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Eudo Rodrigues Leite é escolhido novo procurador-geral de Justiça do RN

Eudo Rodrigues Leite é o escolhido novo procurador-geral de Justiça do MPRN (Foto: Arquivo Pessoal )

O promotor Eudo Rodrigues Leite será o procurador-geral de Justiça do Rio Grande do Norte no biênio 2017/2019. O nome foi anunciado pelo governador Robinson Faria na manhã desta segunda-feira (8),
“A escolha que faço tem como base o meu respeito e valorização da maioria democrática dos membros do MP, que colocaram Eudo Leite na condição de mais votado entre os integrantes da lista tríplice. O promotor tem uma trajetória profissional irretocável e estou certo de que honrará a função. Desejo sucesso na condução do MP/RN”, escreveu Robinson em seu perfil no Instagram.
Eudo Rodrigues Leite ficou em primeiro lugar na eleição do MP, com 148 votos. A lista com os membros do Ministério Público votados na eleição foi encaminhada ao governador do Estado, que escolheu o futuro titular do cargo de Procurador-Geral de Justiça. A posse do procurador-geral de Justiça para o biênio 2017/2019 está prevista para o dia 19 de junho.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Irmãos líderes de grupo suspeito de fraudar pelo menos 40 concursos no Nordeste têm 26 aprovações

Irmãos foram presos em casa localizada em condomínio de luxo em João Pessoa (Foto: Lucas Sá/DDF João Pessoa)

Os dois irmãos apontados pela Polícia Civil como líderes da quadrilha suspeita de fraudar pelo menos 40 concursos públicos em seis estados do Nordeste acumulam, juntos, 26 aprovações em concursos, segundo informou o delegado de defraudações e falsificações de João Pessoa, Lucas Sá, nesta segunda-feira (8). De acordo com a polícia, o esquema fraudulento teria beneficiado 400 pessoas, através do pagamento de R$ 12 milhões à quadrilha desde 2005.
As fraudes aconteceram em concursos nos estados da Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Rio Grande do Norte, Sergipe e Piauí. A venda do "kit completo" de aprovação, que incluia facilitação de empréstimo para pagar 'aprovação', gabaritos e diplomas para ingresso no cargo, custava cerca de R$ 150 mil para cada concurseiro.
Segundo o delegado Lucas Sá, os irmãos Flávio Nascimento Borges, de 34 anos, e Vicente Fabrício Borges, de 32 anos, foram presos em uma casa localizada em um condomínio de luxo, em João Pessoa, e ocupada pela dupla há pelo menos dois meses.
“O local funciona como quartel general da organização, local em que parte dos membros se reúnem no dia da aplicação das provas, recebem as informações de outros membros que estão no local de aplicação, respondem as questões e repassam por meio de ponto eletrônico para os beneficiados”, disse o delegado.
A dupla ainda seria responsável por uma empresa de fachada situada na cidade de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com o delegado, a empresa seria utilizada para possível lavagem de dinheiro dos valores obtidos com o esquema. “No endereço cadastrado como sendo da empresa, não existe nenhuma referência ao prédio, sendo que sequer existe o número do prédio apontado como sendo endereço”, explica.

Polícia apreendeu vários pontos eletrônicos utilizados por membros da quadrilha durante as provas (Foto: Lucas Sá/DDF João Pessoa)
Polícia apreendeu vários pontos eletrônicos utilizados por membros da quadrilha durante as provas (Foto: Lucas Sá/DDF João Pessoa)

Flávio Nascimento foi aprovado em 15 concursos, incluindo os da Prefeitura Municipal de Campina Grande, em 2015, e o da Polícia Militar de Alagoas, no qual ele acumula, respectivamente, os cargos de fiscal de obras e de cabo da PM. Em um dos concursos, para a Universidade Federal de Alagoas (UFAL), o suspeito chegou a ser classificado e aprovado em dois cargos.
Ainda de acordo com a Polícia Civil, o irmão de Flávio Nascimento chegou a ser aprovado em 11 concursos e também acumula cargo de policial militar em Alagoas com o de servidor da Prefeitura Municipal de Santa Rita. A polícia vai investigar se a classificação dos dois nos 26 concursos teria sido feita de forma fraudulenta.

Concursos que teriam sido fraudados pelo grupo
Ano - Concurso - Organizadora
2005 - Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU)
2006 - Câmara Municipal de João Pessoa - Funiversa
2008 - Polícia Militar da Paraíba - UEPC/Comvest
2008 - Fundac/PB - Cespe
2009 - Polícia Civil do Rio Grande do Norte - Cespe
2010 - Guarda Municipal de Cabedelo - IBFC
2010 - Detran/RN - Fundação Getúlio Vargas
2011 - Concurso da Coperve - IFPB
2012 - Guarda Municipal de Bayeux - Contemax Consultoria
2012 - Guarda Municipal de João Pessoa - IBFC
2012 - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas
2012 - Prefeitura Municipal de Santa Rita - Asperhs
2012 - Universidade Federal de Alagoas (UFAL) - Fundepes
2013 - Oficial do Corpo de Bombeiros da Paraíba - CPCON/UEPB
2013 - Assembleia Legislativa da Paraíba - Fundação Carlos Chagas
2013 - Detran/PB - Funcab
2013 - Departamento Penitenciário Nacional - Cespe
2013 - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB
2014 - Corpo de Bombeiros da Paraíba - IBFC
2014 - Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) - CPCon
2014 - CFO Polícia Militar da Paraíba - Funape
2014 - Concurso Conab1
2014 - Concurso de agente da Polícia Federal - Cespe
2014 - Polícia Rodoviária Federal - Cespe
2014 - Câmara Municipal de Cabo de Santo Agostinho
2014 - Tribunal Regional do Trabalho 13ª Região - Fundação Carlos Chagas
2015 - Ministério Público da Paraíba - Fundação Carlos Chagas
2015 - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB
2015 - Prefeitura Municipal de Campina Grande - CPCON/UEPB
2015 - Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe - Fundação Carlos Chagas
2016 - Prefeitura Municipal de João Pessoa - Quadrix
2016 - Prefeitura Municipal do Conde - Advise
2016 - Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba - Fundação Carlos Chagas
2016 - Prefeitura Municipal de Alhandra - Educa - Assessoria Educacional
2016 - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) - Fundação Getúlio Vargas
2016 - Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) - Covest
2016 - Concurso Contemax
2016 - Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) - Instituto AOCP
2016 - Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE
2017 - Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) - Comperve/RN

Fonte: G1
Leia Mais ››