Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

terça-feira, agosto 22, 2017

Jovem é executado a tiros na Grande Natal

Um jovem de 21 anos foi executado a tiros na cidade de Parnamirim, Grande Natal, na tarde desta terça-feira (22). Segundo a polícia, Gustavo Antônio da Silva cumpria pena em regime semiaberto por tráfico de drogas.
O sargento Daniel Moreira, fiscal de policiamento em Parnamirim, informou que Gustavo foi abordado na rua Doutor Carlos Matheus, bairro Monte Castelo, por dois homens que se aproximaram em uma motocicleta. “Eles atiraram várias vezes contra o Gustavo, que morreu no local. Pessoas que moram próximas à região disseram ter escutado mais de dez tiros”, conta o policial.
Ainda de acordo com o sargento Moreira, Gustavo Antônio ficou preso em regime fechado pro dois anos e meio. “E ele tinha uma tatuagem do Sindicato do Crime”, afirma o PM. O Sindicato do Crime do RN é uma facção criminosa que atua no estado e disputa o comando do tráfico de drogas com o Primeiro Comando da Capital (PCC). Os homens que atiraram na vítima fugiram e não foram mais vistos.
Segundo o Observatório da Violência Letal Intencional do RN (Obvio), Parnamirim é a quarta cidade do estado no ranking das que mais registraram assassinatos em 2017. O levantamento do Obvio indica que, até o dia 11 de agosto, foram 93 casos contabilizados no município.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Fachin vota para tornar Collor réu na Lava Jato por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa

O senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL)  (Foto: Agência Senado)O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), votou nesta terça-feira (15) pelo recebimento de uma denúncia contra o senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL).
Se for seguido pela maioria dos outros ministros da Segunda Turma da Corte, formada por cinco magistrados, o parlamentar se tornará réu num caso envolvendo recebimento de mais de R$ 30 milhões em propina por negócios da BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras na venda de combustíveis.
No voto, o ministro opinou pelo acolhimento da denúncia pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e comando de organização criminosa. Fachin rejeitou a denúncia pelos outros dois crimes dos quais Collor foi acusado: peculato e obstrução de Justiça.
Além de Fachin, devem votar na sessão os ministros Ricardo Lewandowski, Celso de Mello, Gilmar Mendes e Dias Toffoli.
O eventual recebimento da denúncia não significa que o acusado é culpado pelos crimes, mas que o tribunal vê indícios de que ele cometeu delitos.
Uma decisão nesse sentido abre a ação penal, na qual o Ministério Público poderá consolidar as acusações e a defesa apresentar provas de inocência, com depoimentos de testemunhas e contestações jurídicas à denúncia. Só ao final, no julgamento final, o réu é condenado ou absolvido.
A denúncia contra Collor, apresentada em agosto de 2015 pela Procuradoria Geral da República (PGR), origina-se de uma das seis investigações sobre o senador abertas no STF, sendo cinco da Lava Jato e outra baseada na delação da Odebrecht sem relação com a Petrobras.
Acusação
No total, Collor é acusado de cinco crimes: corrupção passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa, peculato e obstrução de Justiça.
A principal acusação é de que, em conjunto com outras pessoas, ele pediu e recebeu, entre 2010 e 2014, pelo menos R$ 30,950 milhões em três negócios envolvendo a BR Distribuidora, que tinha dois diretores indicados pelo senador.

O primeiro, para viabilizar que a rede de postos DVBR Derivados do Brasil passasse a revender combustíveis da BR Distribuidora.
O segundo foi a viabilização de quatro contratos entre a BR e a construtora UTC para construção de bases de distribuição de combustíveis.
O terceiro envolveu contrato de gestão de pagamentos e programa de milhagens da BR com a FTC Cards Processamento e Serviços de Fidelização.
Nos três casos, Collor atuou em conjunto com diversas pessoas, incluindo seu ex-ministro Pedro Paulo Bergamaschi e sua mulher Caroline Serejo, além de outras cinco pessoas, incluindo um ex-assessor parlamentar.
Boa parte da denúncia descreve supostas operações de Collor para ocultar o recebimento da propina, inclusive com a compra de carros luxuosos, imóveis e obras de arte usando dinheiro sujo depositado em suas empresas.
A PGR lista, por exemplo, a compra de:
1 Bentley Continental Flying Spur, por R$ 975 mil;
1 Range Rover SDV8 Vogue, por R$ 570 mil;
1 Ferrari 458, por R$ 1,450 milhão;
1 Porsche Panamera S, pago em espécie, em valor não discriminado;
1 Rolls Royce Phantom, por R$ 1,350 milhão;
1 casa de campo em Campos do Jordão (SP), por R$ 4,5 milhões;
1 terreno litorâneo em Barra de São Miguel (AL), por R$ 450 mil;
4 salas comerciais no edifício The Square Park Office, em Maceió, por R$ 953,7 mil;
1 quadro de Di Cavalcanti e outras obras de arte e antiguidades, por R$ 4,6 milhões;
1 lancha, chamada Mama Mia II, por R$ 900 mil.
O dinheiro teria sido recebido por Collor e sua mulher de diversas maneiras, seja em depósitos no exterior e empresas de fachada, recebimento em espécie, empréstimos fictícios e transferências para a Água Branca e a TV Gazeta, ambas firmas do senador.
Collor é acusado de peculato (desvio de dinheiro público) por nomear em seu gabinete no Senado dois assessores, Cleverton Melo da Costa e Fernando Antônio da Silva Tiago, que não prestariam serviços públicos, mas somente atividades particulares. No total, eles receberam salários que totalizam R$ 327,5 mil por 4 anos.
A acusação de obstrução de Justiça se baseia num pedido de Collor, em agosto de 2014, para devolver créditos depositados em sua conta pessoal. Para a PGR, o objetivo do senador era se desvincular dessas operações para evitar uma investigação sobre o recebimento do dinheiro.
“A denúncia está lastreada em relatórios da própria BR Distribuidora, tem-se quebra de sigilo bancário, análise de mensagens de celulares apreendidos, buscas e apreensões. Em suma, é um conjunto de provas substancioso e não apenas baseado em delações”, disse na sessão a subprocuradora-geral da República Cláudia Sampaio.
Defesa
Na semana passada, em defesa de Collor, o advogado Juarez Tavares afirmou que a denúncia não traz provas concretas de que ele recebeu o dinheiro de propina. Além disso, questionou que contrapartida o senador teria dado para viabilizar os negócios da BR.
“Qual seria o ato de ofício atribuído ao senador para adquirir vantagem? Seria o fato de indicar diretores da BR, o que não é ato de ofício de parlamentar. O que fazia o senador era indicação partidária, desvinculada de ato de ofício. Os diretores não eram nomeados pelo senador, mas pelo presidente da República”, disse o advogado.
Tavares também disse que ele não pode ser condenado por integrar organização criminosa, já que esse crime só foi definido em 2013, após os negócios realizados pela BR.

“Não há nenhuma demonstração de que essa suposta organização criminosa tivesse o mínimo de estabilidade, porque está lastreada em quatro contratos, o que demonstraria fragilidade”, disse o advogado.
Com relação ao peculato, disse não ser possível provar que os funcionários não prestavam serviços públicos, já que trabalhariam no escritório político do senador em Alagoas. Quanto à obstrução de Justiça, disse que Collor pediu para devolver valores que já estavam apreendidos.
Além de Collor, também são acusadas outras sete pessoas por suspeita de integrar o mesmo grupo. São eles:
Caroline Serejo Medeiros Collor de Mello, mulher do senador e acusada de lavagem de dinheiro recebido de propina;
Pedro Paulo Bergamaschi de Leoni Ramos, ex-ministro do governo Collor e considerado operador de Collor em diversos negócios;
Luís Pereira Duarte de Amorim, diretor da Gazeta de Alagoas, apontado como testa de ferro e recebedor de propina para Collor;
Fernando Antônio da Silva Tiago, auxiliar parlamentar, acusado de lava dinheiro para o senador;
Eduardo Bezerra Frazão, diretor financeiro de empresas de Collor, acusado de lavagem de dinheiro de propina;
Luciana Guimarães de Leoni Ramos, acusada de lavagem de dinheiro de dinheiro de propina;
William Dias Gomes, assessor parlamentar, acusado de lavagem de dinheiro por operar depósitos para o senador.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Barcelona entra com ação contra Neymar e reivindica valor por renovação

O Barcelona publicou em sua conta oficial no Twitter nota oficial na qual aponta que enviou para a Real Federação Espanhola de Futebol uma ação contra Neymar. O clube reivindica o valor de € 8,5 milhões (R$ 31,20 milhões) que o brasileiro recebeu pela renovação de contrato, alegando que o mesmo não cumpriu os termos acordados. Além de cobrar mais 10% sobre esse valor.

Neymar é o destaque do PSG no início desta temporada (Foto: Divulgação/PSG)
Neymar é o destaque do PSG no início desta temporada (Foto: Divulgação/PSG)

No documento, o clube catalão informa também que o Paris Saint-Germain, clube que pagou € 222 milhões (R$ 814 milhões) para contratar Neymar, assume o pagamento desse valor caso o jogador não possa pagar. O Barcelona informa que está defendendo seus interesses após uma decisão unilateral do jogador ao anunciar que não jogaria mais no clube, que levou em consideração a renovação de contrato assinado pelas partes até 2021.
Por sua vez, Neymar acionou a Câmara de Resolução de Disputas da Fifa para cobrar € 26 milhões (cerca de R$ 96 milhões) do Barcelona. O valor é relativo a um bônus pela renovação de contrato com os catalães, assinada em 2016, e que deveria ter sido pago no início de agosto, pouco antes de a ida do atleta à França se concretizar.
Os espanhóis, entretanto, decidiram depositar o montante em juízo pois, na época, Neymar já negociava sua transferência ao PSG. O Barcelona entende que não deve pagar o total, mas sim uma parcela proporcional pelo um ano que o jogador esteve no Camp Nou após a assinatura do novo contrato.
Maior contratação da história do futebol, a saída de Neymar do Barcelona para o PSG foi motivo de polêmicas entre os dirigentes catalães. Na temporada passada, o craque brasileiro negociou e acertou a renovação com o clube até junho de 2021. Mas nesta temporada decidiu trocar a Catalunha por Paris, levando o clube francês a pagar sua cláusula de rescisão.
Neymar se posicionou sobre a diretoria do Barça após a goleada por 6 a 2 do PSG sobre o Toulouse, no domingo passado. Disse que estava triste e que o clube merecia muito mais.
- Não tenho nada a dizer para a diretoria do Barcelona. Para mim... Bom, na verdade tenho o que dizer: que estou muito triste com eles. Passei quatro anos lá e fui muito feliz. Comecei feliz, passei os quatro anos feliz e saí feliz. Mas não com eles. Para mim, eles não deveriam estar na diretoria do Barça. O Barça merece muito mais, e todo mundo sabe disso.

Fonte: Globo Esporte
Leia Mais ››

Rapaz é estuprado por motorista em MG e diz ter ouvido: 'Você salvou uma mulher'

"Na manhã deste último domingo [20], durante minha caminhada matinal, eu, Mateus, homem cis, 23 anos, fui vítima de um estupro", escreveu o estudante de biologia de 23 anos, Mateus Henrique da Silva, logo na abertura do depoimento que publicou em rede social horas depois de se tornar mais uma vítima de violência sexual em Uberaba. Segundo o jovem, após o estupro, ele ainda ouviu do agressor: "Você salvou uma mulher". Até esta publicação, o criminoso não havia sido localizado.
O crime foi registrado pela Polícia Militar. A Polícia Civil informou nesta segunda-feira (21) que a abertura de inquérito sobre o caso ainda depende de uma representação formalizada pela vítima. Até esta terça-feira (22), a Polícia Civil não teria sido recebido essa representação e declarou, por meio da assessoria de imprensa, que o jovem foi contatado sobre essa necessidade e possui um prazo de seis meses para procurar o órgão.
Segundo o boletim de ocorrência, o jovem foi encontrado por volta das 12h deste domingo pela PM, após o recebimento de uma denúncia anônima sobre a existência de uma pessoa ferida, com mãos e pés amarrados, às margens de uma estrada do Bairro Jardim Eldorado.
No local, a polícia viu Mateus, de calça e sem camisa, cheio de arranhões pelo corpo e pedaços de galhos secos no lóbulo da orelha esquerda. "Deparamos com o senhor Mateus sentado na beira da estrada bastante abalado psicologicamente", descreveu a PM no boletim.
No hospital, onde o estudante recebeu os primeiros socorros, a médica plantonista constatou a violência sexual sofrida, informou a polícia. De seu corpo, relatou Mateus ao G1 nesta segunda-feira, foram retiradas pedras, apenas um dos meios utilizados pelo agressor no que o jovem qualifica como tortura.

Matheus publicou neste domingo (20), em página de rede social, um desabafo contando os momentos de horror que viveu horas antes em Uberaba (Foto: Reprodução/Facebook/Mateus Henrique)
Matheus publicou neste domingo (20), em página de rede social, um desabafo contando os momentos de horror que viveu horas antes em Uberaba (Foto: Reprodução/Facebook/Mateus Henrique)

Momentos de horror
Mateus conta que, enquanto fazia uma caminhada matinal neste domingo, um homem estacionou de caminhonete ao seu lado e apontou uma arma para seu rosto. Obrigado a entrar no veículo, o jovem conta ter sido levado para um matagal, onde teve as mãos e os pés amarrados. Paus, arame e pedras teriam sido usados durante o abuso.
"A intenção dele era pegar gente dessa idade, entre 19 e 25 anos, independente de ser homem ou mulher. Ele me disse que essa juventude está corrompida e que, provavelmente, se fosse mulher, a mataria depois", relatou Mateus sobre o que ouviu do agressor, que ainda o "parabenizou" por ter "salvado" uma mulher.
Após ser abandonado à beira da estrada, Mateus disse ter sofrido outra violência, a da indiferença. Pelo menos 20 pessoas teriam passado por ele e se negado a prestar socorro antes que um mototaxista tivesse se disposto a chamar a polícia. Mesmo assim, o jovem conta ter sido abandonado à própria sorte depois que a PM atendeu o telefonema.
"Eu já estava surpreso e chocado com tamanha crueldade e, quando achei que ia acabar o pesadelo, ele continuou. Andei 15 minutos amarrado e amordaçado e as pessoas não me ajudavam. Eu pensei que iam me bater e um chegou a rir de mim. Eu entendo que as pessoas pensaram que eu fosse assaltante ou drogado, mas foi horrível a omissão de socorro", desabafou. Ele diz que também teve que lidar com os despreparo dos policiais, que teriam tratado o caso, inicialmente, como um assalto.
Recuperando-se dos ferimentos em casa, Mateus conta estar à base de medicamentos para tentar manter a calma, enquanto aguarda o início das investigações que podem localizar seu agressor. O depoimento na internet, segundo ele, denuncia não só a violência que enfrentou, mas a de muitas mulheres no Brasil.

"O que me motivou a postar foi o que eu senti depois. Eu não tinha sentido. A vida é muito difícil e, quando acontece uma coisa tão absurda quanto essa, você fica sem ter para onde ir. Uma sensação horrível", disse.
"Eu só pensava em todas as mulheres que estão desaparecidas. Eu só conseguia imaginar que, nesse momento tão horrível, seria muito pior se fosse com uma mulher e, mesmo revoltado, pude ver o quanto o mundo é machista até nas piores ocasiões", falou Mateus.

Em postagem publicada na internet neste domingo (20), jovem falou sobre o sentimento de vergonha diante da violência sofrida (Foto: Reprodução/Facebook/Mateus Henrique)
Em postagem publicada na internet neste domingo (20), jovem falou sobre o sentimento de vergonha diante da violência sofrida (Foto: Reprodução/Facebook/Mateus Henrique)

Desabafo e apoio
Nas redes sociais, a postagem feita por Mateus sobre o caso já havia sido compartilhado por mais de 300 pessoas e recebido dezenas de comentários até a tarde desta segunda-feira.
"Sempre achei brega as pessoas que usam o facebook como diário. Porém, numa sociedade tão cretina como a nossa, é importante reafirmar que estupro existe e não é mimimi", escreveu o jovem na postagem. "Acreditem: eu escrevo esse texto com muita dor, relutância, vergonha e absolutamente nenhum orgulho. Debati comigo mesmo várias vezes se isso realmente ia servir de alguma coisa e pode ser que eu me arrependa."
No retorno dos leitores do desabafo, Mateus diz ter encontrado esperança. "O que mais me surpreendeu depois da postagem foi que, para cada uma dessas 20 pessoas que não me ajudaram, existe o dobro de comentários positivos e de esperança para mim. Me faz pensar que a sociedade tem sim uma esperança e que existem pessoas boas no mundo", observou.

Em uma das mensagens postadas para o mineiro, um internauta usou o marcador "a culpa não é da vítima" para manifestar solidariedade.
"Me senti abusada também. Logo você que não merece um pingo disso tudo. Espero que seus amigos o amparem e possam lutar com você para fazer Justiça e tentar, pelo menos, mudar 1% dessa parte nojenta da sociedade. #AculpaNUNCAédavitima."
"Não foi exposição seu relato e sim um ato solidário de, mesmo estando sofrendo de modo imensurável, relatar o que houve para contribuir com nossa sociedade tão omissa e agressora", escreveu outra pessoa.

Após desabafo na internet sobre estupro, jovem de Uberaba recebeu apoio de internautas (Foto: Reprodução/Facebook/Mateus Herinque)
Após desabafo na internet sobre estupro, jovem de Uberaba recebeu apoio de internautas (Foto: Reprodução/Facebook/Mateus Herinque)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Grávida de gêmeos é morta a facadas e pedradas na Zona Norte de Teresina

Corpo foi encontrado em uma construção (Foto: Joselito Andrade)
Corpo foi encontrado em uma construção (Foto: Joselito Andrade)

Uma mulher grávida de gêmeos identificada como Dalcilane das Chagas Almeida, de 29 anos, foi assassinada na madrugada desta segunda-feira (21) na Rua Monte Verde, Bairro Parque Brasil II, na Zona Norte de Teresina. Segundo o cabo M. Sousa, do 13º Batalhão da Polícia Militar, o corpo foi encontrado dentro de uma casa em construção com o rosto completamente desfigurado por pedradas.
“A mulher estava com várias perfurações nas costas e o rosto totalmente desfigurado. Ainda não sabemos o horário exato do ocorrido, mas sabemos que foi durante a madrugada após sair de uma festa com um homem em uma motocicleta”, disse sobre as facadas registradas contra a mulher.

Família revelou que a vítima estava grávida de gêmeos. (Foto: Joselito Andrade)
Família revelou que a vítima estava grávida de gêmeos. (Foto: Joselito Andrade)

Ainda de acordo com o policial, a família revelou que a vítima estava grávida de gêmeos. “Familiares da mulher afirmaram que ela estava grávida, mas isso somente após exames que poderemos afirmar. Ainda não temos informações concretas sobre a motivação do crime, mas pode estar relacionado a droga, pois ela era usuária”, contou.
Uma equipe da perícia esteve no local e o caso será investigado com a Delegacia de Homicídios. O corpo da Mulher foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Teresina para os procedimentos necessários.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Fundador da OAS morre em São Paulo

O propriétario da empreiteira OAS, César Mata Pires, em foto de outubro de 2011 durante o lançamento do livro 'Como Superar o Cancer', de Paulo Hoff, em São Paulo (Foto: Mastrangelo Reino/Folhapress)
O maior acionista da empreiteira OAS, César Mata Pires, de 68 anos, morreu nesta terça-feira (22) enquanto caminhava pelo Pacaembu, bairro da Zona Oeste de São Paulo. A suspeita é que ele tenha sofrido um infarto fulminante.
Pires foi fundador da empreiteira criada em 1976, na Bahia. Ele era casado com Thereza, uma das filhas do ex-senador baiano Antônio Carlos Magalhães (ACM), e tinha dois filhos.
Em 2015, a revista Forbes estimava que a fortuna de Pires era de US$ 1,6 bilhão.
Lava Jato
A empresa é uma das grandes construtoras brasileiras que têm executivos como réus na Lava Jato. Segundo a denúncia, a empresa participava do chamado “clube” de companhias que, por meio de um cartel, fraudava licitações da Petrobras. Para conquistar os contratos, as empresas pagavam propina a diretores da estatal e a partidos políticos, com intermediação de operadores.
As primeiras denúncias contra executivos da OAS vieram à tona em 2015. Na época, a Justiça Federal em Curitiba condenou a cúpula da empreiteira por crimes cometidos em contratos e aditivos da OAS com a Refinaria Getúlio Vargas (Repar), no Paraná, e com a Refinaria Abreu e Lima (Renest), em Pernambuco.
Em maio deste ano, o Ministério Público Federal (MPF) confirmou que estava negociando acordo de colaboração premiada com ex-executivos da OAS. A declaração foi feita durante audiência para ouvir o depoimento do ex-diretor da empresa Agenor Franklin Medeiros. O acordo, no entanto, não foi homologado.
Recuperação judicial
A empresa chegou a pedir recuperação judicial, perdeu protagonismo e cortou mais da metade de seus funcionários desde então. Em 2013, antes da Lava Jato, o Grupo OAS tinha cerca de 120 mil funcionários. No fim de 2015, o número caiu para 70 mil e, em março deste ano, era de 35 mil.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Dodge anuncia procuradores para postos-chave na PGR e Lava Jato

A futura procuradora-geral da República, Raquel Dodge, anunciou nesta terça-feira (22) os postos mais importantes de sua equipe, que irão liderar o Ministério Público Federal e a Operação Lava Jato nos próximos dois anos.

Dodge anunciou 12 nomes. Luciano Mariz Maia será o vice procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros atuará como vice procurador-geral eleitoral e Alexandre Camanho assumirá o posto de secretário-geral jurídico.

Zani Cajueiro será o secretário-geral do Ministérios Público da União, enquanto Raquel Branquinho comandará a secretaria de função penal originária do Supremo Tribunal Federal (STF). 

Sob o comando jurídico de Branquinho, experiente procuradora que atuou nas investigações do escândalo do mensalão do PT, estarão os investigadores Alexandre Espinosa e José Alfredo de Paula Silva, novos membros da Lava Jato.

Segundo o blog apurou, enquanto Branquinho fará a coordenadoria jurídica, José Alfredo e Alexandre Espinosa farão a liderança mais operacional do trabalho, no dia a dia da Lava Jato. 

Os dois experientes procuradores também auxiliaram as investigações do mensalão sob o comando de Antonio Fernando de Souza, então procurador-geral da República.

Os investigadores Lauro Cardoso e Marcelo Ribeiro de Oliveira ficarão a cargo da secretaria de função penal originária no STF, também sob o comando de Branquinho.

Cristina Schwansee Romanó, Pablo Coutinho Barreto e Sidney Pessoa Madruga ocuparão, respectivamente, as secretarias de cooperação jurídica internacional, de pesquisa e análise e o grupo  executivo nacional da função eleitoral. 

Fonte: G1
Leia Mais ››

Castanhão, maior açude do país, tem apenas 4,6% de volume

O açude Castanhão, o maior do país e responsável pelo abastecimento da Grande Fortaleza, atingiu um novo recorde negativo de reserva de água. Nesta terça-feira (22), o reservatório tem 4,61% de reserva de água, de acordo com a Companhia de Gestão de Recursos Hídricos (Cogerh), o menor já registrado desde 2002, quando o açude foi criado.
O açude tem capacidade para 308,71 hm3 de água, o suficiente para abastecer uma cidade como Fortaleza por três anos. O Ceará sofre com chuvas abaixo da média por seis anos seguidos, ocasionando a mais grave estiagem registrada no estado nos últimos 100 anos.
O açude Orós, segundo maior reservatório de água do Ceará, deixou de abastecer as cidades da Região Metropolitana de Fortaleza em março, para deixar suas águas para a região do Vale do Jaguaribe. Com a decisão, apenas o Castanhão abastece a Grande Fortaleza.
Outros açudes secos
Além do Castanhão, os maiores açudes do Ceará e do Nordeste enfrentam situação semelhantes. O Orós tem atualmente 9% da capacidade; e o Banabuiú, 0,69%.
Dos 155 açudes monitorados pela Cogerh, 108 têm um volume de água inferior a 30%. Apenas 10 açudes do estado têm capacidade maior que 90%, conforme o levantamento da companhia; e um está sangrando, o açude de pequeno porte Germinal, na cidade de Palmácia.

Castanhão, maior açude do país, tem apenas 4,6% de volume (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
Castanhão, maior açude do país, tem apenas 4,6% de volume (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Passageiro faz confusão em voo para Fortaleza, e aeronave faz pouso não programado na África

Um voo da companhia TAP com rota Lisboa (Portugal) para Fortaleza foi desviado e fez um pouso não programado na noite desta segunda-feira (21) após um passageiro causar confusão na aeronave e apresentar um "comportamento agressivo".
A companhia informou que o voo TP035 deixou Lisboa às 17 horas (horário de Portugal) e teve que fazer uma escala não programada nas Ilhas Canárias, arquipélago espanhol na costa oeste do continente africano. O avião ficou cerca de uma hora no arquipélago espanhol. Por conta do desvio, a chegada a Fortaleza sofreu um atraso de quatro horas, de acordo com a companhia.
O passageiro "agressivo" desembarcou nas ilhas Canárias, e o voo decolou logo em seguida. O avião que deveria ter chegado às 21 horas de segunda-feira, chegou na capital cearense 00h50 desta terça-feira (22). Não foram divulgadas informações a respeito da identidade do passageiro que foi retirado do avião.
A TAP confirmou o incidente e informou que não possui informações sobre o passageiro que provocou a confusão.

Voo Lisboa para Fortaleza teve um atraso de quatro horas. (Foto: Gioras Xerez/G1)
Voo Lisboa para Fortaleza teve um atraso de quatro horas. (Foto: Gioras Xerez/G1)

Fonte: G1
Leia Mais ››

STF nega pedido de Maluf para prolongar prazo de processo sobre falsidade ideológica

O deputado Paulo Maluf durante sessão da CCJ da Câmara (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)O Supremo Tribunal Federal (STF) negou nesta terça-feira (22) de um pedido do deputado Paulo Maluf (PP-SP) para realizar novas diligências num processo criminal em que é acusado de falsidade ideológica.
Caso aceito, o pedido reabriria a coleta de provas, prolongando a ação penal, que já caminha para a conclusão. A atual fase é de apresentação das alegações finais das partes, última manifestação no processo antes do julgamento, que vai condenar ou absolver o parlamentar.
A medida foi rejeitada sem discussão e por unanimidade entre os ministros da Segunda Turma do STF: Luiz Fux, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Marco Aurélio Mello e Alexandre de Moraes.
Maluf é acusado de omitir despesas durante sua campanha eleitoral em 2010. A denúncia sustenta que a campanha de Maluf teve gastos com serviços gráficos no valor de R$ 168,6 mil pagos pela empresa Eucatex, pertencente à sua família.
As notas fiscais emitidas pela gráfica e enviadas à Justiça Eleitoral continham a anotação "campanha do Dr. Paulo", mas as despesas não foram declaradas na prestação de contas da campanha.
Para a Procuradoria Geral da República, Maluf incorreu no crime de falsidade ideológica, por omitir a informação num documento público "com o fim de prejudicar direito, criar obrigação ou alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante". Uma eventual condenação pode levar a cinco anos de prisão e multa.
A defesa do deputado alega que a prestação de contas feitas para a Justiça Eleitoral não era um documento público, mas sim particular, o que faria prescrever a acusação. Depois, disse que Maluf não assinou o documento, mas sim o tesoureiro do PP.
Por fim, diz que a própria empresa retificou posteriormente a informação à Justiça Eleitoral, dizendo que os serviços foram prestados para a Eucatex, não para a campanha de Maluf.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Primeira Turma do STF rejeita queixa de Alexandre Frota contra Jean Wyllys

O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) em entrevista no Salão Verde da Câmara (Foto: Bernardo Caram/G1)
A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou queixa-crime apresentada pelo ator Alexandre Frota contra o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ).
O ator queria que o deputado respondesse por calúnia e difamação, mas a maioria da turma entendeu que isso não seria possível porque não houve dolo, ou seja, intenção de cometer crime e também porque deputado tem imunidade parlamentar para suas opiniões, conforme a Constituição.
A queixa se baseou em postagem em rede social na qual o deputado afirmou que Frota cometeu o crime de estupro, além de desrespeitar religiões de matriz africana ao descrever uma cena de sexo com uma mãe de santo.
Wyllys fazia referência a uma história contada por Frota num programa de TV, no qual o ator disse que se relacionou sexualmente com uma mãe de santo mesmo diante da recusa dela.
Relator da queixa no STF, Luiz Fux considerou que o próprio Frota cometeu uma ofensa contra si ao contar a história. “Ele se auto-ofendeu narrando esse fato, com a devida vênia”, disse o ministro.

Postagem de Jean Wyllys em março de 2015, quando ele criticou a declaração de Frota (Foto: Reprodução/Facebook)
Postagem de Jean Wyllys em março de 2015, quando ele criticou a declaração de Frota (Foto: Reprodução/Facebook)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Equipe do Samu e familiares de paciente são assaltados durante atendimento na Bahia

Equipe do Samu é assaltada durante atendimento (Foto: Aldo Matos/Site Acorda Cidade)
Funcionários do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e familiares de um paciente idoso foram assaltados na manhã desta terça-feira (22), em Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, quando a equipe prestava atendimento.
Foram levados um carro e um celular da família, além de um equipamento de rádio e um relógio do funcionário do Samu.
A equipe do Samu havia sido chamada para atender o idoso que havia passado mal, na Rua Ágata, no bairro Brasília, por volta das 5h. Os funcionários transportaram o idoso para a ambulância, na porta da casa do paciente, quando foram abordados por dois criminosos a pé. Os familiares do idoso saíram do imóvel e acabaram assaltados também.
Os assaltantes fugiram após o crime e não há informações sobre a identidade dos criminosos. O idoso foi levado para o Hospital Clériston Andrade. O crime foi registrado no complexo policial da Jomafa.

Além dos funcionários do Samu, familiares do paciente também foram assaltados (Foto: Aldo Matos/Site Acorda Cidade)
Além dos funcionários do Samu, familiares do paciente também foram assaltados (Foto: Aldo Matos/Site Acorda Cidade)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Pastor é acusado de chefiar quadrilha de assaltantes

A Polícia Civil de Cubatão, no litoral sul de São Paulo, acusa o pastor Givanildo Borges, da Igreja Mundial do Poder de Deus, de chefiar uma quadrilha de assaltantes que age na região e foi responsável por ao menos nove roubos em templos evangélicos, comércios e residências nos últimos quatro meses. O criminoso é considerado foragido da Justiça.

Investigadores da delegacia sede da cidade desmantelaram as ações do bando após a prisão de Felipe Marcolino dos Santos, o Vovô; Roberth Lincoln Barroso Oliveira, o Chuchu, e Guilherme Augusto da Silva Júnior, o Didi, único que permanece na cadeia.

De acordo com informações dos policiais, o grupo agia sempre da mesma forma. O pastor participava do culto e, após o fim da celebração, quando o salão já estava quase vazio, pedia para fazer uma bênção, enquanto acompanhava a movimentação e verificava os detalhes do local, inclusive onde o dízimo era guardado. Do lado de fora, seus comparsas armados aguardavam em um carro.

Borges saía da igreja e passava as informações ao resto do grupo, que entrava para concluir o roubo enquanto o pastor esperava dentro do carro, com o motor ligado.

Ele guiava o veículo na fuga. Os bandidos rendiam quem estivesse no local, recolhiam o dinheiro das ofertas, smartphones e outros pertences dos fiéis, além de aparelhos de som e instrumentos musicais dos templos.

Um dos locais assaltados é a sede da Igreja Mundial do Poder de Deus da qual Givanildo Borges fazia parte, na Vila dos Pescadores, onde usava um quarto como moradia.

O bando também praticou o crime em cinco unidades da Igreja Universal do Reino de Deus, entre abril e maio, na zona noroeste de Santos, em Mongaguá, Peruíbe, Guarujá e no bairro do Casqueiro, em Cubatão, além de outra no município de São Roque, no interior paulista, onde havia um guarda municipal que foi agredido e teve um revólver calibre 38 roubado.

No quarto do pastor os policiais encontraram cinco notebooks que foram roubados de um estabelecimento em Santos, no bairro da Vila Belmiro, que vende e faz assistência técnica em aparelhos eletroeletrônicos. O grupo assaltou ainda uma casa em Bertioga, de onde levou uma pistola calibre 380

Fonte: Estadão
Leia Mais ››

Conselheiro do TCE/RN diz que ficou surpreso com indiciamento pela Polícia Federal

Indiciado por prevaricação pela Polícia Federal, no caso que apura se a OAS pagou propina ao senador José Agripino, o conselheiro Carlos Thompson Fernandes, do Tribunal de Contas do Estado, divulgou nota dizendo ter ficado surpreso com a citação de seu nome em notícias relacionadas à investigação, alegando que contribuiu, sendo ouvindo na qualidade de testemunha e não de investigado. O conselheiro alega que ainda não teve acesso ao relatório do inquérito e que dará mais explicações, se necessário, quando tomar conhecimento das acusações feitas a ele. Leia abaixo a nota na íntegra:

Fiquei surpreso com a citação do meu nome em notícias relacionadas a uma investigação da Polícia Federal. Ainda não tive acesso ao relatório do inquérito policial. O que posso afirmar até agora é que contribuí com as investigações. Nelas fui ouvido na qualidade de testemunha, e não na de investigado. Ao tomar conhecimento das acusações, darei todas as explicações necessárias em minha defesa. Não tenho nada a esconder e estou absolutamente tranquilo quanto à minha inocência e à regularidade de todos os atos por mim praticados no exercício do cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. 

Carlos Thompson Costa Fernandes

Conselheiro do TCE/RN

Fonte: Portal no Ar
Leia Mais ››

FGTS registra lucro recorde de mais de R$ 14 bilhões


O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) registrou, no ano passado, lucro de R$ 14,55 bilhões, o melhor resultado da sua história. Com isso, o patrimônio líquido do fundo chegou a R$ 98,17 bilhões. Os números constam do Relatório de Gestão do FGTS, apresentado nesta terça-feira (22) na reunião do Conselho Curador, em Brasília.

O documento mostra também dados da repartição do lucro de 2016, que designou R$ 7,27 bilhões, que corresponde à metade do rendimento, para quem tinha contas com saldo em 31 de dezembro. A medida é resultado da Lei nº 13.446, de 25 de maio deste ano, que fez com que a remuneração dos trabalhadores ficasse acima da inflação anual pela primeira vez em nove anos. A última vez que isso ocorreu foi em 2007.

Para o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, que preside o Conselho Curador, o resultado é consequência da “gestão responsável” do conselho e dos demais órgãos e entidades que gerem o fundo. “O resultado de 2016 mostra que estamos administrando com seriedade os recursos do FGTS, o que permite remunerar devidamente os trabalhadores e também disponibilizar crédito para habitação, saneamento e infraestrutura do nosso país”, disse.

“O Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS) também bateu recorde em 2016, com lucro de R$ 2,63 bilhões. O dinheiro aplicado no FI, que financia grandes obras de infraestrutura como geração de energia, saneamento, ferrovias, rodovias e portos, cresceu 8,3% no ano. Foi o maior rendimento desde a criação da operação, em 2007”, diz a nota do Ministério do Trabalho.

O FGTS é a maior fonte de financiamento em saneamento, habitação e infraestrutura do país. Em 2016, foram contratados R$ 81,48 bilhões, sendo R$ 80,86 bilhões para habitação, principalmente para habitação popular. Em saneamento foram contratados R$ 226,64 milhões e em infraestrutura R$ 386,32 milhões.

Fonte: Agência Brasil
Leia Mais ››

Vendas online podem crescer até 20% na Black Friday em 2017

As vendas do comércio eletrônico podem crescer entre 15% a 20% em 2017 na comparação com igual período do ano anterior, de acordo com estimativa do Google apresentada nesta terça-feira, 22, durante evento em São Paulo. A companhia considerou que o evento promocional de novembro representa o pico de utilização de seu buscador no Brasil.

Se alcançar a estimativa de crescimento, as vendas do e-commerce na Black Friday poderão somar ao menos R$ 2,2 bilhões.

Em 2016, o evento representou vendas de R$ 1,9 bilhão, conforme dados da Ebit, empresa especializada em informações do comércio eletrônico.

Fonte: Estadão
Leia Mais ››

Petrobras reduz preços de diesel e gasolina

Após um anúncio de alta, a Petrobras decidiu reajustar para baixo os preços dos combustíveis a partir desta quarta-feira, dia 23, nas refinarias. A redução da gasolina será de 0,1% e a do diesel, 1,8%.

A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.

Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente. Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais.

Fonte: Estadão
Leia Mais ››

Foragido da Penitenciária de Alcaçuz capturado pela PM em Mossoró RN

Policiais militares da VTR BH composta pelo cabo Ocimar e o soldado Santos Neto capturaram no início da manhã desta terça feira em Mossoró, um foragido da Penitenciária de Alcaçuz em Nísia Floresta, região da Grande Natal no Rio Grande do Norte. 

Manoel Teixeira Filho, o "Maninho" com mandado de prisão em aberto, foi abordado na Rua Cunha da Moto no Bairro Alto da Conceição, durante um patrulhamento de rotina. 

O foragido estava perambulando pela avenida e no momento da abordagem, foi constatado que o mesmo estava com pendência na justiça. Após ser preso, Maninho, como é mais conhecido foi conduzido à Delegacia de Plantão da Polícia Civil, no Alto São Manoel e depois dos procedimentos encaminhado à Cadeia Pública onde está a disposição da justiça.

Fonte: Fim da Linha
Leia Mais ››

Com as mãos amarradas nas costas, homem é encontrado morto na Grande Natal

Corpo, ainda sem identificação, foi encontrado na Zona Rural de Macaíba. (Foto: Divulgação Polícia Civil)Um homem, ainda não identificado, foi encontrado morto na manhã desta terça-feira (22) em um matagal próximo à estrada que dá acesso à comunidade do Lamarão, na zona rural de Macaíba, cidade da Grande Natal. O corpo, segundo a PM, estava com as mãos amarradas nas costas.
Ainda segundo a polícia, o corpo estava com marcas de tiros. Próximo ao local do crime foi encontrado a carcaça de um carro.
O caso será investigado pela Polícia Civil.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Adolescente é encontrado morto em quebra-mar na praia da Redinha, em Natal

Um adolescente de 16 anos foi encontrado morto na noite desta segunda-feira (21) nas pedras do quebra-mar, na Redinha, Zona Norte da capital potiguar. Ele foi identificado como Arthur Felipe Ferreira Paulino.
A polícia recebeu o chamado por volta das 20h e encontrou o corpo nas pedras, onde as ondas da praia batem. O Corpo de Bombeiros foi acionado para recuperar o corpo.
A Polícia Civil também foi ao local para dar início às investigações. Até o momento, a suspeita é de que o rapaz tenha se jogado nas pedras.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Em Natal, adolescente de 13 anos é baleado e morre no hospital

Adolescente de 13 anos não resistiu aos ferimentos de bala e morreu em hospital de Natal (Foto: Ivan Lemos/ Inter TV Cabugi )Um adolescente de 13 anos morreu após ser baleado com vários tiros no bairro das Rocas, na Zona Leste da capital. A vítima foi socorrida pelo próprio pai para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Segundo a Polícia Militar, o caso aconteceu por volta das 17h desta segunda-feira (21). Franklin de Lima Vasconcelos estava na Rua São João de Deus, próximo à esquina da rua São Francisco (também conhecida como Rua da Lua), quando foi surpreendido pelos criminosos.
O relato das testemunhas à polícia é de que um carro cor cinza passou pelo local e os ocupantes dispararam vários tiros contra o garoto, que caiu no chão. Os suspeitos fugiram antes da chegada da polícia e até o momento não foram identificados.
O Serviço de Atendimento Móvel (Samu) foi acionado, mas o próprio pai levou o garoto até o hospital. Franklin morreu na unidade de saúde e o corpo foi recolhido pelo Instituto Técnico de Perícia (Itep).
As motivações e a autoria do crime serão investigadas pela Polícia Civil.
A região Leste de Natal, onde está localizado o bairro das Rocas, registrou 11% dos homicídios registrados na cidade no primeiro semestre de 2017. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública. O bairro teve quatro mortes deste tipo nos seis primeiros meses do ano, ocupando a 20ª posição entre os bairros da cidade.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Mulher é atropelada por caminhonete enquanto tomava sol na beira da praia em Galinhos, RN

O município de Galinhos é conhecido pelas praias paradisíacas (Foto: Canindé Soares)
Uma mulher de 49 anos foi atropelada e arrastada por uma caminhonete enquanto tomava sol na beira da praia de Galinhos, no litoral norte potiguar. O caso aconteceu na manhã deste domingo (20). De acordo com a família da vítima, o motorista não percebeu o atropelamento e só parou o carro ao ser alertado pelos banhistas, metros depois.
A diarista Rose Damiana Gomes da Silva foi socorrida para Natal com fêmur e clavícula quebrados, além de vários hematomas e um corte profundo na cabeça. Ela está em um dos corredores do Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, ainda na maca da ambulância que a transportou de Galinhos para Natal.
Segundo o cunhado de Rose, Francinaldo Nascimento da Silva, de 52 anos, ela tem o costume de ir ao município nos finais de semana com familiares e amigos. A família é de Macau, município da mesma região, mas mora há anos na Zona Norte de Natal.
Neste final de semana, o encontro tinha sido com amigos. "Ela foi para uma festa no sábado e ficou até o domingo, para aproveitar a praia", conta ele.
A mulher tomava banho de sol deitada na areia, por volta das 10h, quando "uma caminhonete surgiu do nada", segundo o cunhado, e passou por cima dela. O motorista parou o carro metros depois, ao ser alertado do atropelamento. Ele teria ficado sem reação.

Socorrida para o Hospital Walfredo Gurgel, Rose Damiana Gomes da Silva permanece em maca no corredor (Foto: Divulgação/ família)
Socorrida para o Hospital Walfredo Gurgel, Rose Damiana Gomes da Silva permanece em maca no corredor (Foto: Divulgação/ família)

Os próprios banhistas e outras pessoas que estavam na praia tiraram a mulher que estava debaixo do carro. "Várias pessoas se juntaram e levantaram o carro para ajudar", conta Francinaldo. Eles também levaram a mulher até um posto de saúde, de onde saiu com destino a Natal.
De acordo com familiares, a esposa do motorista entrou em contato com a família com a promessa de providenciar ajuda, mas até agora nada teria sido resolvido.
Galinhos é conhecida por ser uma península com praias paradisíacas, mangues, rio, recifes, dunas, salinas, localizada a 166 quilômetros da capital potiguar. Entre outros atrativos, existem passeios de barco e prática de esportes.

Galinhos é conhecida pelas belezas naturais e atrai turistas (Foto: Canindé Soares)
Galinhos é conhecida pelas belezas naturais e atrai turistas (Foto: Canindé Soares)

Tráfego proibido
De acordo com o Detran do Rio Grande do Norte, o tráfego de veículos é proibido na faixa de areia e pode ser punido com multa gravíssima. De acordo com o órgão, a fiscalização é responsabilidade do próprio Detran, bem como do município. A instituição afirmou que existem equipes de fiscalização, porém elas cobrem 200 quilômetros de litoral, não sendo possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo.
Em nota, a Prefeitura de Galinhos afirmou que o município vai ampliar a fiscalização da área e sinalizar toda a orla, com alertas aos motoristas e banhistas. Ainda segundo a prefeitura, não há lei municipal que proíba o tráfego, mas estuda fazer essa proibição.
A prefeitura lamentou a ocorrência do domingo (20), disse que prestou atendimento no posto de saúde e que continuará dando assistência à vítima 'acompanhando a paciente junto ao Governo do Estado'.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Por estar armado, PM fardado é 'convidado' a se retirar de hospital em Natal

 Por estar armado, PM fardado é 'convidado' a se retirar de hospital em Natal (Foto: Divulgação/PM)Um soldado da Polícia Militar do Rio Grande do Norte prestou queixa contra o hospital da Unimed, em Natal, no final da manhã desta segunda (21). O motivo? Segundo o PM, por estar armado, mesmo estando fardado, ele foi 'convidado' a se retirar da unidade de atendimento que fica no bairro de Lagoa Nova, Zona Sul da cidade. O policial relata que uma enfermeira alegou que ele estava causando constrangimento aos pacientes e funcionários do hospital.
O G1 solicitou um posicionamento da Unimed sobre o fato relatado pelo policial, mas o hospital ainda não se manifestou.
No Boletim de Ocorrência registrado pelo policial, consta que o fato aconteceu pela manhã, na unidade da Unimed que fica na Av. Antônio Basílio, onde o policial chegou na condição de acompanhante de um colega, que também é PM.
No documento, o soldado conta que foi abordado por uma enfermeira, que disse que o hospital possui uma regra que não permite a presença de policiais armados dentro da unidade. O PM contou que ainda tentou argumentar que estava fardado e que, também por estar de serviço, estava armado.
Ainda de acordo com o depoimento do policial, até a direção do hospital tentou fazer com que ele fosse embora ou que deixasse a arma no carro, sob a ameaça de que os superiores do PM, incluindo o comandante do batalhão onde trabalha, seriam informados sobre a situação.
Por fim, o PM contou que só deixou o hospital depois que o colega foi atendido. O policial ficou na unidade de 8h às 10h30. A queixa foi registrada na 5ª Delegacia de polícia Civil, que fica no bairro de Lagoa Nova, também na Zona Sul de Natal.
‘De que lado a sociedade está?’
Presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM do Rio Grande do Norte (ACSPM/RN), o cabo Roberto Campos reprovou a atitude do hospital. "O policial é um agente da segurança pública preparado para defender a população. Pergunto: quem estava incomodado com a presença do PM? De que lado a sociedade está? Pede segurança, mas exige a ausência do policial?", desabafou.

Ainda em defesa do soldado, o presidente da associação disse que constrangimento é o que os profissionais e pacientes do Hospital Walfredo Gurgel passam quando são obrigados a dividir o mesmo espaço com presos que foram baleados em cometimento de crimes. "É necessário a construção de um hospital de custódia para abrigar os pacientes que estão detidos", concluiu.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Suspeito de pagar R$ 2 para acariciar genitália de criança é preso tentando fugir

Distrito de GalanteFoi preso nessa segunda-feira (21), o suspeito de pagar R$ 2 para acariciar as partes íntimas de um criança de oito anos no distrito de Galante, na cidade de Campina Grande, a 130 quilômetros de João Pessoa. 

De acordo com informações do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), o suspeito estava foragido e foi encontrado dentro de um ônibus tentando fugir da cidade.

Após a prisão, o suspeito foi reconhecido pela vítima e testemunhas. 

Todos os envolvidos foram conduzidos até a delegacia, onde foram ouvidos.

Fonte: Portal Correio
Leia Mais ››

Inscrições para o ProUni terminam sexta-feira para estudantes não matriculados

Imagem ilustrativaAs inscrições para vagas remanescentes do Programa Universidade para Todos (ProUni) terminam na próxima sexta-feira (25) para os candidatos que não estiverem matriculados em instituição de educação superior. Para os estudantes que já estão matriculados, o prazo final é 30 de outubro.

No total, são oferecidas 77 mil bolsas remanescentes das 147,4 mil ofertadas na chamada regular referente ao segundo semestre deste ano. As inscrições podem ser feitas pelo site do ProUni.

Podem se inscrever para as vagas remanescentes do ProUni aqueles que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir da edição de 2010 e obtiveram nota média igual ou superior a 450 pontos e superior a 0 na redação. O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em faculdades privadas, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica.

Para concorrer à bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Fonte: Sua Cidade 
Leia Mais ››

PM mata ex-mulher no Centro de SP; 3º caso de feminicídio em 2 dias na capital

Caso foi registrado no 12º DP (Foto: Reprodução/TV Globo)
Um policial militar matou a ex-mulher depois de uma discussão na região central da capital paulista nesta segunda-feira (22). É o terceiro caso de feminicídio em dois dias na cidade.
O caso ocorreu no bairro do Canindé, no Centro da cidade. A vítima estava em casa com o filho do casal, de sete anos.
Após o crime, o policial fugiu com a criança. Horas depois, porém, se entregou à polícia.
Também nesta segunda-feira, uma mulher foi morta estrangulada pelo namorado na tarde desta na Zona Sul da cidade. Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu na Rua José Alves da Silva, 12, no Jardim Ângela.
O pai do agressor procurou a Guarda Civil Metropolitana para dizer que seu filho havia estrangulado a namorada em um barraco e fugido. O suspeito foi encontrado, detido e o caso registrado no 47 Distrito Policial.
Na madrugada deste domingo (20), o delegado Cristian Lanfredi, 42, que atuava na Assembleia Legislativa de São Paulo, matou a mulher, Cláudia Zerati, juíza, titular da 2ª Vara do Trabalho de Franco da Rocha, e depois se suicidou no apartamento do casal, na Zona Oeste.
Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e a Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 2ª Região (Amatra) divulgaram nota para manifestar "indignação" pela morte da juíza "O machismo mata", diz o texto.
De acordo com a Lei do Femicídio, de março de 2015, considera-se que há razões de condição de sexo feminino quando o crime envolve: violência doméstica e familiar e menosprezo ou discriminação à condição de mulher.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Prefeito e vice de Duque de Caxias têm diploma cassado pelo TRE-RJ

Washington Reis, prefeitura de Duque de Caxias, tem diploma cassado. Ainda cabe recurso (Foto: Alexandre Durão/G1)O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) cassou os diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, em sessão plenária realizada na segunda-feira (21). Washington Reis (PMDB) e Marcos Elias Moreira (PRP) foram condenados por crime ambiental pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Com isso, Reis foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa, que exige que candidatos não tenham condenação em órgão colegiado.
De acordo com a decisão do TRE, Reis e Moreira só deverão se afastar dos cargos após o trânsito em julgado ou a apreciação de um eventual recurso no tribunal.
A Prefeitura de Duque de Caxias informou, por nota, que o prefeito Washington Reis lamenta profundamente, considera injusta a decisão e que vai recorrer da decisão. Ainda cabem recursos no processo.
Em dezembro de 2016, quando exercia o mandato de deputado federal Reis foi condenado a sete anos e dois meses de prisão em regime semiaberto por crime ambiental, além de pagamento de multa de 67 salários mínimos. Por unanimidade, os cinco ministros do colegiado consideraram irregular a divisão de terrenos vendidos ao deputado para a construção de um loteamento em Xerém, na Baixada Fluminense, no entorno da Reserva do Tinguá.
As obras foram iniciadas em 2003 e incluíram corte de vegetação em encostas e área de preservação permanente e a terraplanagem em beira de rio, desviando o curso da água, de acordo com a denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal.

Fonte: G1
Leia Mais ››